Assassinato de presidente do PR de Petrolina, Klebyo Bezerra, repercute no estado e o secretário de transporte pede providências ao governador

Postado em 12 de agosto de 2017

pp(2) 1

O assassinato do presidente do presidente do Partido Republicano (PR) de Petrolina, Klebio Luciano Bezerra, 38 anos, fato ocorrido na madrugada desde sábado 12, próximo ao Aeroporto, repercute no Estado.

De acordo com informações imagens estão sendo analisadas. Segundo testemunhas, os acusados do crime chegaram numa caminhonete SW4, se aproximaram do veículo de Klebyo e efetuaram os disparos. O local do crime foi isolado para perícia polivcial.

O secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, presidente do diretório do PR no Estado, solicitou ao governador Paulo Câmara (PSB) rigor e agilidade na apuração da morte. Ligado politicamente a Sebastião, Klebyo foi alvejado por nove tiros quando se dirigia ao aeroporto de Petrolina, por volta de uma hora da madrugada de hoje. Ele estava em companhia de uma filha de apenas dois anos, para buscar a sua esposa, que trabalha no terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Nilo Coelho. A criança, de acordo com testemunhas, que já foram ouvidas pela Polícia que investiga o caso, não foi atingida.

Estou profundamente chocado. Klebyo, além de aliado político, era meu amigo, uma pessoa sensacional, cheia de amigos e solidário”, disse Sebastião. O secretário viajará para Petrolina, onde o corpo de Klebyo será velado e sepultado, com o objetivo de dar o último adeus ao amigo. A polícia está apurando o caso e nada está descartado, nem mesmo crime político.

Os familiares de Klebyo Bezerra, bastante consternados com seu falecimento, comunica aos parentes e amigos, ao mesmo tempo em que os convida para o velório que será realizado no SAF, a partir das 17:00 horas deste sábado. O sepultamento ocorrerá neste domingo (13), às 10:00 horas da manhã no cemitério  “Campo da Paz”.



Deixe uma resposta



Mensagem Biblíca
Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo. Apocalipse:1:3