Náutico joga mal e é goleado pelo Botafogo na Paraíba
Náutico joga mal e é goleado pelo Botafogo na Paraíba

Náutico joga mal e é goleado pelo Botafogo na Paraíba

22 de Abril de 2018

No confronto dos campeões estaduais da Paraíba e de Pernambuco, melhor para o Botafogo. Em jogo válido pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, na noite de sábado (21), o Belo não tomou conhecimento de um frágil Náutico e goleou pelo placar de 4×0. Gols de Marcos Aurélio (2), Mário Júnior e Dico. Com o resultado, o clube da Rosa e Silva segue sem vencer na competição mais importante para o torcedor alvirrubro no ano.

Com a bola rolando os donos da casa não deixaram o time alvirrubro respirar e não demoraram a abrir o marcador. Após recuperar a bola no meio de campo, Gedeílson fez bela jogada pelo lado direito e cruzou rasteiro. Livre de marcação, Marcos Aurélio encheu o pé para estufar as redes do goleiro Bruno. Pouco inspirado, o Náutico só assustou 10 minutos mais tarde. Principal jogador da equipe na etapa inicial, Robinho ganhou do adversário e mandou na área. Wallace Pernambucano se jogou na bola, mas não chegou a tempo de empatar o confronto.

Com a vantagem no placar, o Belo passou a pressionar menos a saída dos pernambucanos, mas seguia melhor em campo. Aos 25, Dico teve a chance de ampliar. Depois do lançamento da direita, o jogador recebeu de frente para a meta, porém a pelota bateu na caneta e foi para o lado. Passivo, o Náutico pouco produzia e foi para o vestiário atrás no marcador.

Insatisfeito com a equipe no primeiro tempo, Roberto Fernandes voltou com duas alterações para os 45 minutos finais. Júnior Timbó entrou na vaga de Rafael Assis, e Kevyn deu lugar ao estreante da noite Tiago Costa. Com as mudanças o alvirrubro passou a frequentar mais o campo de ataque, obrigando o goleiro Saulo a trabalhar, mesmo que sem muita dificuldade.

Quando o técnico do Timbu fez a última alteração tirando Wendel e mandando Tharcysio pro jogo, veio o golpe. Carlos Renato fez boa jogada pela esquerda e achou Mário Sérgio livre na área. O jogador que acabara de entrar em campo pelo Belo acertou uma linda bicicleta, fazendo a festa dos torcedores locais. Na insistência de Timbó em fazer um gol olímpico, o Náutico tomou o terceiro. Em rápido contra-ataque, aos 30, Marcos Aurélio lançou Dico. Veloz, o jogador deixou a marcação para trás e cara a cara com Bruno não teve dificuldades para deixar o dele.

Abatido em campo, o Timbu ainda perdeu Wallace Pernambucano, expulso, após dar carrinho por trás em Gedeílson nos acréscimos. Na sequência do lance, Marcos Aurélio cobrou falta de longe e fez o quarto, decretando a vitória do Botafogo.

FACESF POS GRADUACAO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *