Novembro Azul alerta para a prevenção e hábitos saudáveis

Postado em 14 de novembro de 2017

fita-azul-2

O câncer de próstata ainda é um dos que mais acomete o sexo masculino. Em nosso país, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer, um homem morre a cada 38 minutos devido a essa doença, que fica atrás apenas do câncer de pele não-melanoma em número de casos. Devido a essa realidade, o Novembro Azul, mobilização internacional de prevenção ao câncer de próstata, ainda é muito importante para alertar a sociedade e quebrar preconceitos.

Muitas vezes, a doença tem desenvolvimento lento e não apresenta sintomas na fase inicial. “Com o passar do tempo e com o crescimento do tumor, pode haver sangramentos, obstrução do jato urinário, dor na pelve e dor lombar”, explica Eduardo Inojosa, oncologista da Oncoclínica Recife. Em estágio mais avançado, as células malignas espalham-se pelo corpo, causando lesões por todo o organismo. Os médicos são unânimes sobre a importância de se realizar os exames regularmente, pois, se o tumor for detectado em estágio inicial, as chances de cura são maiores. Por isso, a partir dos 50 anos, é necessário realizar o exame digital da próstata, mais conhecido como “exame do toque”, e o teste sanguíneo chamado PSA. “Há pacientes com risco maior de desenvolver a doença, como os que já possuem histórico familiar de câncer de próstata e os negros. Para eles, essas avaliações devem ser feitas a partir dos 45 anos”, explica Eduardo.

Adoção de hábitos saudáveis como baixa ingestão de gordura, combate à obesidade, sedentarismo e tabagismo aumentam a chance de prevenir a ocorrência de vários tipos de câncer, entre eles, o de próstata. “Devemos consumir vegetais ricos em antioxidantes, como tomate, brócolis e couve flor, além de consumir frutas e oleaginosas (nozes, castanhas, etc.).



Deixe uma resposta



Mensagem Biblíca
Se clamares por conhecimento, e por inteligência alçares a tua voz, ... Provérbios:2:3