Arroz Valdivino - Clique e assista

Parceiros:

Instagram

  • Um ano prspero para cada um de vocs!
  • Niver do filho

Governo lança estudo inédito sobre recursos hídricos fronteiriços

Postado em 9 de maio de 2013

Dono de 12% de toda água doce do planeta, o Brasil faz fronteira com dez países com os quais divide 83 rios, em oito bacias hidrográficas comuns. Para estudar melhor este patrimônio natural, a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República lançou a primeira publicação da Série Estudos Estratégicos, intitulada Água e Desenvolvimento Sustentável – Recursos Hídricos Fronteiriços e Transfronteiriços do Brasil.

O trabalho foi apresentado pelo assessor de Desenvolvimento Sustentável da SAE, Bruno de Carvalho, durante o Seminário Green Rio, voltado para a produção orgânica, que começou hoje (8) e termina amanhã (9), no Jardim Botânico do Rio.

‘O estudo trata do arcabouço legal e de tratados ratificados pelo Brasil em suas áreas de fronteira. Nós compartilhamos recursos hídricos com dez países. O objetivo é subsidiar o trabalho da Câmara Técnica de Gestão de Recursos Transfronteiriços, que vem se dedicando ao desenvolvimento de uma proposta de estratégia regional, para que se possa fazer o planejamento, gerenciamento e monitoramento dos recursos hídricos da fronteira’, disse.

Segundo Carvalho, o Brasil busca a formulação de uma estratégia regional para melhor utilização dos recursos hídricos. ‘É um estudo pioneiro, porque agrupa todas as informações históricas e legais em um documento apropriado. Esta informação estava todo pulverizada e a SAE decidiu unir os dados e subsidiar o setor.’

Carvalho disse que a intenção é fazer a tradução da publicação para o espanhol, para possa ser disseminada entre os demais países da região. ‘No Norte do Brasil estamos à jusante, ou seja, recebemos a água dos países vizinhos. E no Sul do país, estamos à montante, os países vizinhos é que recebem as nossas águas. Se não houver um esforço comum para se trabalhar esta questão, haverá um preço por isso.’

A publicação teve colaboração do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), com apoio da Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e da Agência Nacional de Águas (ANA). Ela pode ser lida ou baixada gratuitamente no endereço da SAE na internet: www.sae.gov.br.

Fonte: msn.com




México sacrifica 55 mil frangos por causa de novo foco de gripe aviária

Postado em 9 de maio de 2013

Governo do México realizou nesta quarta-feira o sacrifício preventivo de 55 mil aves de uma fazenda comercial no central estado de Puebla após ser comprovado um foco de gripe aviária nessa unidade, informou a Secretaria de Agricultura.

Em comunicado, a instituição indicou que o Serviço Nacional de Saúde, Inocuidade e Qualidade Agroalimentar (Senasica) ordenou com fins preventivos o isolamento imediato da fazenda, localizada no município de Palmar de Bravo.

No último dia 1º de maio, as autoridades sanitárias receberam mostras procedentes dessa fazenda com sinais clínicos e taxa de mortandade compatível à ‘Influenza Aviária de Alta Patogenicidade, cujas provas de laboratório resultaram positivas para o subtipo H7’.

‘Investigações preliminares indicam que a origem da infecção ocorreu por causa da incorporação de frangos de 75 a 135 semanas idade, as quais puderam provir de estados afetados / desabrigados inicialmente’, assinalou o Sanasica.

A Secretaria de Agricultura, que entregará aos produtores do estado mais de 33 milhões doses de vacina para aplicá-las de maneira preventiva em mais de 100 fazendas comerciais, acrescentou que os técnicos da Senasica inspecionam outras 271 unidades de produção em Puebla ‘e, até este momento, não foram identificados casos compatíveis com a doença’.

No mês de abril, as autoridades mexicanas ordenaram o sacrifício preventivo de quase mil de aves no estado de Tlaxcala, vizinho a Puebla, por conta de outro foco de gripe aviária.

Quase quatro milhões de aves foram sacrificadas no México por causa de um foco de gripe aviária detectado em fevereiro no estado de Guanajuato, que se somam às mais de 22 milhões sacrificadas pelo surto registrado no último ano no estado de Jalisco.

Fonte: msn.com




Prefeito se reúne com reitor da UPE, em Recife, e solicita três novos cursos para Salgueiro

Postado em 9 de maio de 2013

O prefeito Marcones Libório de Sá cumpriu agenda em Recife, esta semana, com uma pauta volta principalmente para a educação de nível superior, em Salgueiro. Na capital, em companhia do vereador Hercílio Carvalho(PT),o prefeito participou de uma reunião com o reitor da Universidade de Pernambuco (UPE), Carlos Calado, a quem entregou um documento contendo informações sobre uma audiência pública promovida pela Câmara de Vereadores, no mês de março,  em que  foi debatida a ampliação e oferta de novos cursos de graduação no sentido de atender demandas da região.

De acordo com o prefeito, além das informações do documento,  foi pontuado sobre a necessidade de novos cursos para a UPE em Salgueiro,  conforme a demanda percebida conforme o crescimento socioeconômico e cultural para a região. O prefeito acrescentou que ficou a reivindicação inicial de três cursos: o de ciências contábeis, técnico em logística e serviço social.

O reitor deve analisar a reivindicação com sua equipe e também com o secretário de Ciência e Tecnologia, Marcelo Granja, para dar um retorno o mais breve possível. A UPE é subordinada à Secretaria de Ciência e Tecnologia.

Fonte: blog Vinicius de Santana




Em Brasília, Julio Lossio propõe tarifa reduzida de energia para cidades do semiárido

Postado em 9 de maio de 2013

Depois de ter tido o nome citado como potencial candidato ao governo do estado em 2014, ao que parece o prefeito Julio Lossio (PMDB) já começou a trabalhar também por outras cidades pernambucanas. Nesta semana o peemedebista participou de uma audiência em Brasília com o presidente da Comissão de Minas e Energia, Eduardo da Fonte.

Na ocasião ele solicitou uma audiência pública para discutir a viabilidade de reduzir a tarifa de energia no semiárido para estimular a industrialização. A sugestão do prefeito teve como objetivo beneficiar, não só Petrolina, como várias cidades sertanejas.

Fonte: blog Vinicius de Santana



FRANK-PREMOLAJE-anigif

Prefeito de Sobradinho discute com reitor da Univasf projeto do campus no município

Postado em 9 de maio de 2013

Nesta quarta-feira (8), o prefeito de Sobradinho, Luiz Vicente Berti (PDT) se reuniu com o reitor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Julianeli Tolentino, para verificar acompanhar o projeto do Campus do município. Para Luiz Vicente, a unidade de sobradinho via contribui para promover o desenvolvimento social, cultural e econômico da região.

Quem também participou do encontro foi o diretor de Educação a Distância, David Fernando Morais. Segundo Julianeli Sobradinho está apta para receber o Polo de Educação a Distância (EAD). “Com a reforma do Terminal Pesqueiro, será viável, também, a instalação de um Centro Tecnológico de Pesquisa e posteriormente, com a parceria entre a universidade, a prefeitura, os governos estadual e federal implantaremos um campus aqui no município”, destacou o reitor.

Fonte: blog Vinicius de Santana




Joseph Bandeira larga a base do PT e ingressa no PSB de Eduardo Campos

Postado em 9 de maio de 2013

Joseph Bandeira sai do PT e deve ingressar no PSB do governador de Pernambuco Eduardo Campos, pré-candidato a Presidência da República. O encontro entre os dois já está agendado. Deverá ser ainda esta semana, quando o governador pernambucano estará na região para visitar as cidades  de Belém do São Francisco, em seguida cumpre agenda em Orocó, segue para Santa Maria da Boa Vista para evento administrativo chega à Petrolina às 15h30 onde participa de um curso dos gestores públicos e ás 16h10 vai para a inauguração do Centro Administrativo Agropecuário, quando deverá encontrar com o Ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho e quem sabe o ex-deputado e ex-prefeito de Juazeiro Joseph Bandeira.

Campos,que está levando a sério seu propósito, tem o objetivo de fortalecer seu nome em vários Estados brasileiros, e não seria diferente em Juazeiro que ainda não tem representatividade do partido socialista.

Assim, Bandeira confirma que guarda mágoas do governador da Bahia Jaques Wagner (PT) por ter limado a sua candidatura no último pleito municipal, ao ingressar no partido do arquirrival do governador petista. Não é de hoje que Campos e Wagner disputam a atenção do Governo de Lula.

Rolam buchichos ainda, que Bandeira tem a opção do PMDB. Partido que deverá ser abandonado pelo prefeito Julio Lóssio e ingressado pelo Ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho.

Mas no PSB, Bandeira deverá disputar em 2014 uma vaga na Câmara Federal com novo partido e nova composição.

Fonte: blog Vinicius de Santana




Ministro da Integração Nacional apresenta medidas de enfretamento à estiagem na Câmara dos Deputados

Postado em 9 de maio de 2013

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, participou na manhã desta quarta-feira (8), no Plenário da Câmara dos Deputados, de uma Comissão Geral para debater medidas para amenizar os impactos da seca no Nordeste do país. As ações estruturantes e os investimentos do Governo Federal para enfrentamento à estiagem foram apresentados pelo ministro aos parlamentares e especialistas no assunto.

“Eu acredito que com crédito, tecnologia, infraestrutura hídrica e apoio aos arranjos produtivos locais poderemos oferecer as condições para o semiárido nordestino crescer, se desenvolver e se tornar a solução para o desenvolvimento do Brasil”, disse o ministro. De acordo com Fernando Bezerra Coelho, somando os investimentos do PAC 1 e PAC 2, o Governo Federal está investindo mais de R$ 30 bilhões em obras para expandir a oferta de água semiárido. Outros R$ 10 bilhões já foram desembolsados em ações para minimizar os efeitos da seca. “Se continuarmos com políticas públicas dessa envergadura, em pouco tempo daremos a segurança hídrica para o semiárido”, afirmou.

Além do Projeto de Integração do Rio São Francisco – a maior obra de infraestrutura hídrica do país – o Governo Federal, em parceria com os governos estaduais, financia outras centenas de empreendimentos que estão gerando soluções estruturantes para a falta d’água na região do semiárido. “A segurança hídrica do Nordeste não se esgota com a transposição do Rio São Francisco. Ela é apenas o começo para aproximar as águas do São Francisco das áreas mais secas e necessitadas. Ela é a mãe de todo esse conjunto de obras já está sendo materializado”, pontuou o ministro.

Como exemplo das obras estruturantes, o ministro Fernando Bezerra citou para os parlamentares a Adutora do Algodão, na Bahia, que tirou o município de Guanambi de uma situação de colapso no abastecimento de água; e a Adutora do Pajeú, que evitou uma crise semelhante de escassez de água na cidade pernambucana de Serra Talhada.

Irrigação – O ministro Fernando Bezerra Coelho também destacou a nova Política Nacional de Irrigação, aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pela presidenta Dilma Rousseff no início do ano, que tem como objetivo incentivar a ampliação da área irrigada no país. Tendo em vista o potencial do Brasil para irrigação, os investimentos nessa área podem consolidar o país como potencia mundial na produção agrícola sustentável.

Água Para Todos – Para os parlamentares, o ministro ressaltou ainda que a universalização da oferta de água não será resolvida apenas com grandes obras, mas com a adoção de tecnologias mais simples que estão sendo testadas pela população e validadas por centros de pesquisa. O Programa Água para Todos, que integra o Plano Brasil sem Miséria, segue nesta linha de atuação, com investimentos que já chegam a R$ 1,4 bilhão na implantação de cisternas, sistemas de abastecimento de água, kits de irrigação e pequenas barragens.

Ao final do debate, o ministro Fernando Bezerra enfatizou o comprometimento do poder público no enfrentamento à maior estiagem das últimas décadas: “Se for preciso fazer mais, o Governo Federal está a postos para isso”, concluiu.

O presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves, destacou que esse debate se transformará em ações concretas para enfrentar a seca: “Na condição de representantes do povo, os parlamentares vão fazer deste debate a oportunidade de reforçar ainda mais as ações do Governo Federal.”

Representantes da bancada do Nordeste vão se reunir nos próximos meses com o propósito de, até meados de julho, apresentar sugestões de emendas, projetos de lei e outras medidas.

Assessoria de Comunicação Ministério da Integração Nacional



Atel

Governador inaugura em Arcoverde laboratório de reprodução e melhoramento genético animal

Postado em 9 de maio de 2013

A agenda itinerante destas quinta e sexta-feira (09 e 10), do secretário Ranilson Ramos, ao lado do governador Eduardo Campos, prevê o anuncio de obras em municípios das regiões do Moxotó, Itaparica e São Francisco – Arcoverde, Ibimirim, Cabrobó, Orobó, Floresta, Belém do São Francisco, Santa Maria da Boa Vista, Petrolina. 

 

A primeira parada será em Arcoverde, 12h30, onde será inaugurado o Laboratório de Reprodução e Melhoramento Genético Animal, localizado na Estação Experimental do Instituto Agronômico (IPA). Na unidade serão desenvolvidas pesquisas, além da produção de sêmen e embriões, visando à melhoria da genética da pecuária leiteira do Estado, beneficiando 3,8 mil criadores. O investimento estadual para implantação do laboratório foi da ordem de R$ 1,5 milhão. 

 

Em seguida a comitiva segue para Ibimirim, Floresta e Belém do São Francisco.  A programação inclui inaugurações, assinatura de ordens de serviço e convênios, destinados principalmente à construção de obras de infraestrutura hídrica, para ampliação do abastecimento d’água. 

 

O anúncio prevê a construção de sistemas simplificados de abastecimento d´água, poços, cisternas e barragens, a serem executadas pelo IPA e Prorural, além da parceria e recursos do Governo Federal.

 

No Sertão do Moxotó serão anunciadas obras com investimentos da ordem de R$ 11,6 milhões para sete municípios, beneficiando 6,3 mil famílias. No Sertão do São Francisco serão investidos R$ 10,8 milhões para outros sete municípios, atendendo a 5,9 mil famílias.

 

Em Cabrobó, será entregue a Unidade de Processamento de Carne com capacidade de abate de 50 bovinos por dia, contando com câmara de resfriamento e sala para cortes especiais.

 

A obra foi executada dentro da proposta de regulamentar o abate de carne no estado, oferecendo segurança alimentar à população. O investimento do Ministério da Ciência e Tecnologia e do Governo do Estado foi de R$ 750 mil. A Prefeitura local cedeu o terreno, além de assumir as despesas com água e energia.  Inicialmente serão atendidos os municípios de Cabrobó e Orocó.

 

No encerramento da agenda itinerante, em Petrolina, será entregue o Centro Administrativo Agropecuário. O imóvel de 4,7 mil metros quadrados foi totalmente reformado e ampliado com investimentos da ordem de R$ 800 mil. O prédio reúne em um só lugar as unidades da Adagro, IPA, Iterpe, Prorural, além de escritórios dos programas, água para todos e do programa mãe coruja. As obras realizadas em um prazo de oito meses mudaram a infraesturura dos prédios que contarão, a partir de agora, com novo acesso, estacionamento interno e externo que somam 1,4 mil metros quadrados, guarita de segurança, alojamento para motoristas, auditório com capacidade para receber 60 pessoas e banheiros ampliados com acesso para deficientes físicos. O passeio interno do prédio recebeu cobertas de policarbonato, melhorando a iluminação local. 

 

Credito da matéria: Arcoverde News



Atel

Aécio: ministério de Dilma ‘concorre com Gabão’

Postado em 9 de maio de 2013

O senador Aécio Neves, presidenciável do PSDB, comentou o ingresso de Guilherme Afif Domingos (PSD-SP) na equipe de ministros de Dilma Rousseff, marcado para esta quinta-feira (9). “O governo brasileiro, a partir de amanhã, concorrerá com o Gabão, o único país do mundo que tem também cerca de 40 ministérios”, disse.

Escolhido para chefiar a recém-criada pasta da Micro e Pequena Empresa, Afif será o 39º ministro de Dilma. A analogia de Aécio foi injusta com o Gabão, uma república africana com 28 ministros (29 se for incluído na conta o primeiro-ministro). Para o rival tucano de Dilma, “a posse de mais um ministro de Estado é algo inimaginável.”

“Como diz o conselheiro da Presidência, meu amigo Jorge Gerdau é uma burrice sem tamanho”, disse Aécio, evocando entrevista concedida em março pelo empresário que comanda a Câmara de Políticas de Gestão da Presidência da República. Gerdau dissera que o Brasil poderia “trabalhar com meia dúzia de ministérios ou coisa desse tipo.”

Sobre a existência de 39 ministérios, o conselheiro de Dilma dissera: “Quando a burrice, ou a loucura, ou a irresponsabilidade vai muito longe, de repente, sai um saneamento. Nós provavelmente estamos no limite desse período.” Aécio adicionou ao raciocínio de Gerdau dados que diz ter extraído de um trabalho acadêmico.

“Recentemente, um estudo da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, em mais de 170 países, mostrou que os países mais bem administrados são aqueles que têm entre 19 e 22 ministérios.” Para ele, Dilma exagera porque “governa apenas com os olhos na eleição, não governa com os olhos no país.” Vice-governador da gestão tucana de Geraldo Alckmin, Afif virou ministro porque Dilma está de olho no tempo de propaganda no rádio e na tevê de que dispõe o PSD.

Prestes a se tornar colega de Afif, um ex-crítico mordaz do PT, o ministro petista Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) solta fogos: “Ele fará um belíssimo trabalho e o partido que representa, vindo apoiar o nosso governo, ampliando a nossa base, é importante.”




Em Belo Jardim, prefeito terá que desempregar parentes

Postado em 9 de maio de 2013

O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Belo Jardim, no Agreste pernambucano, encaminhou recomendação ao prefeito João Mendonça Bezerra Jatobá (PSD), para que, no prazo de 72 horas, exonere os contratos de trabalho de servidores em cargos comissionados e em 15 dias os secretários municipais que detém vínculo de parentesco com autoridades públicas municipais. A solicitação foi feita pelos vereadores da oposição Rafael Lopes (PT), Tenente (PTB) e Silvano Galvão (PTB).

Na publicação do Diário Oficial consta a relação de 11 pessoas que, segundo a lei municipal n º 1.765/2009, prescreve a legalidade e princípio da impessoalidade baseado na lei do nepotismo que proíbe a contratação de cônjuges, companheiros, parentes por consanguinidade até terceiro grau, parentes por adoção e por afinidades como genros, noras, e sogros de autoridades dos poderes Executivos e Legislativo.

Entre eles estão à primeira-dama, Isabelle Costa Mendonça, secretária de Ação Social; a secretária de Saúde, Ana Arruda Aguiar Jatobá (cunhada do prefeito); José André Costa da Rocha (cunhado do prefeito) secretário de Produção e Desenvolvimento Rural.

Aparece também na lista José Wilson Mergulhão Maciel Filho, presidente da Autarquia Educacional de Belo Jardim (AEB), esposo da vereadora Patrícia Maria Bezerra Ramos Maciel (DEM); Silvia Renata Nascimento Bezerra, que responde pela direção do Belo Jardim Prev, filha da vereadora Maria da Paz do Nascimento Bezerra (DEM), e a avó do vereador Jair Fernando Bezerra Júnior (PMDB), Elizabete Maria Gomes, que responde pela secretaria da Mulher.

Credito da matéria: Arcoverde News





Página 3.531 de 4.075« Primeira...102030...3.5293.5303.5313.5323.533...3.5403.5503.560...Última »

Mensagem Biblíca
De outra maneira, estando o outro ainda longe, manda embaixadores, e pede condições de paz. Lucas:14:32