Arroz Valdivino - Clique e assista

Parceiros:

Instagram

  • Um ano prspero para cada um de vocs!
  • Niver do filho

Quadrilhas africanas no Brasil usam correio para ‘exportar’ drogas

Postado em 29 de março de 2013

Quadrilhas africanas que operam no Brasil estão enviando drogas de forma sistemática para a Espanha, a China e o Reino Unido por meio de serviços postais. A Polícia Federal faz cerca de 50 apreensões por mês dessas remessas. A maioria é de cocaína.

Para tentar enganar a polícia e a Receita Federal, os traficantes usam esconderijos inusitados para esconder a droga.

Entre as técnicas já identificadas estão rechear com pequenas quantidades de cocaína objetos como brinquedos, roupas, ferramentas e utensílios domésticos – e depois enviá-los ao exterior por meio do correio e de empresas de entregas internacionais.

Segundo o delegado Ivo Roberto Costa da Silva, da Polícia Federal, os grupos criminosos são formados majoritariamente por nigerianos. ‘Eles não chegam a formar uma facção ou uma máfia, mas às vezes se associam para traficar’, afirmou o policial.

Os destinos preferidos para as remessas são Espanha e, em menor escala, China e Grã-Bretanha. Segundo Silva, as quadrilhas de africanos também têm ramificações nesses países. Seus membros se encarregam de receber os entorpecentes.

O crescimento do narcotráfico para a China, especificamente, tem chamando a atenção das autoridades. O país pulou do quinto lugar no ranking em 2009 para segundo em 2012. Uma hipótese investigada é que o crescimento econômico chinês tenha estimulado também o tráfico de drogas.

De acordo com o policial, alguns motivos explicam o porquê de quadrilhas africanas terem se instalado no Brasil. Um deles é a grande fronteira com países onde há produção de cocaína (Colômbia, Bolívia e Peru). Outro fator de estímulo seria o Brasil possuir grande número de vôos de passageiros e de carga para a Europa.

Fonte: msn.com




Feliciano causa debandada de servidores da Comissão de Direitos Humanos

Postado em 29 de março de 2013

A permanência do pastor Marco Feliciano (PSC-SP) na Comissão de Direitos Humanos e Minorias provocou uma debandada de servidores. Dos 19 funcionários que trabalhavam no colegiado, somente dois ficaram. Alguns foram dispensados, outros pediram para sair. As mudanças podem provocar um prejuízo de perda de “memória” do trabalho na comissão. Exercendo a presidência sob protestos, Feliciano será levado ao Conselho de Ética pelo PPS pela suspeita de uso de recursos da Casa em proveito próprio.

A assessoria do deputado do PSC afirmou que o processo de substituições é “natural”. Diz que alguns dos servidores pediram desligamento ao longo do mês e outros foram dispensados para que o deputado pudesse formar sua própria equipe. Dos 17 funcionários que saíram 12 são efetivos da Casa e estão sendo realocados em outras atividades. Os dois servidores que ficaram pediram ao parlamentar para continuar.

Servidores que atuaram na comissão contam que sete deles deixaram os cargos por diferenças ideológicas assim que Feliciano foi eleito. Outros continuaram na expectativa de uma renúncia do pastor, o que teria levado alguns aliados de Feliciano a tomá-los por “espiões”.

Ex-presidente da comissão, o deputado Domingos Dutra (PT-MA) relata que uma consequência da debandada é a perda da “memória” do trabalho realizado. “Esse é mais um capítulo dessa tragédia que se abateu sobre a comissão. As pessoas que estavam ali eram pessoas que estava há muito tempo e tinham todo o conhecimento do que já foi feito”, disse. Para ele, o PSC, que não teria parlamentares ligados à causa, também não possui servidores com o perfil necessário para o trabalho. A assessoria de Feliciano sustenta que foi feita uma transição para se absorver o máximo possível de informações dos funcionários que deixaram os cargos.

Conselho de Ética. Na tentativa de retirar Feliciano do comando da comissão, uma vez que ele se recusa a renunciar, o PPS decidiu entrar na próxima terça-feira, 2, com processo por quebra de decoro parlamentar contra o pastor no Conselho de Ética da Casa. O colegiado tem a possibilidade de decidir por um afastamento de Feliciano da função.

“Precisamos acabar de vez com a situação vexatória vivida na Câmara desde a eleição do pastor para presidir o colegiado”, afirmou o deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA).

Para o PPS, além das acusações de racismo e homofobia, o pastor precisa explicar denúncias de uso irregular de verbas de sua cota na Câmara. Jordy alega que Feliciano paga com dinheiro público escritórios de advocacia que lhe defendem em processos de interesse pessoal. O pastor nega irregularidade. O deputado do PPS defendeu ainda como alternativa uma renúncia coletiva dos integrantes da comissão de Direitos Humanos, mas a idéia deve ser descartada pelos líderes porque a maioria do colegiado é composta por apoiadores do pastor.

Feliciano respondeu republicando nas redes sociais um vídeo que veio a público no ano passado em que Jordy estaria pedindo a uma namorada para realizar um aborto. Na ocasião, o deputado do PPS diz que apenas estava demonstrando cuidado com a gravidez, fruto de um relacionamento fortuito.

Ignorando os protestos e as pressões por sua saída, Feliciano segue tentando promover uma agenda na comissão. Sua assessoria divulgou que o parlamentar, acompanhado de outros colegas, irá à Bolívia no dia 9 de abril para tratar da situação dos 12 torcedores corintianos presos devido à morte de um garoto durante um jogo da Copa Libertadores, em Oruro. O pastor pretende ainda manter a agenda de audiências públicas no colegiado.

Fonte: msn.com



Marisol

Rapidinhas do Blog

Postado em 29 de março de 2013

Mudança de nome

Tudo indica que a decisão de Marcos de Neuma em sair da secretaria de governo é fato consumado, a questão agora é quanto ao nome que irá substituí-lo. Com a mudança quem deixa a Câmara é o suplente de vereador Demar Gavião, a partir daí o prefeito Auricélio deverá arrumar uma acomodação para o indígena dentro da estrutura administrava que poderá ocupar a pasta.

Qual o motivo

O próprio Marcos faz questão de falar de sua insatisfação por conta de desentendimentos com o colega Edgar Caldas, segundo Marcos o secretário de Infra-Estrutura estaria se intrometendo em ações que são de responsabilidades da pasta de governo.

Ausências

Tanto o prefeito Auricélio Torres, quanto o vice Romero Gomes, estavam em viagens no dia da entrega de medalhas promovidas pela câmara municipal de vereadores. O executivo foi representado pelo secretário de governo Marcos de Neuma, esse foi o ultimo compromisso de Marcos como titular da pasta, uma vez, que, segundo informações do mesmo estará retornando a câmara já na próxima terça feira dia (1).

Presenças

Quem estiveram presentes na solenidade de entregas de medalhas promovida pela câmara municipal, foram o ex prefeito Eudes Caldas e o Promotor aposentado Dr. Gildenor Pires.

Educação prestigiada

Entre os agraciados com medalhas Ilda Brandão, placas vereador Lourival Russo e títulos de cidadãos cabroboenses, foram pessoas que de forma direta contribui com a educação na região. O sentimento de valorização a esses profissionais por parte dos representantes do legislativo demonstra, o quanto se faz necessário um olhar mais atencioso para esses bravos contribuintes na formação de uma sociedade mais justa e soberana.

Família emocionada

Todos que tiveram a oportunidade da fala, não economizaram nas palavras de reconhecimentos a dona Ilda Cordeiro Brandão, pela forma integra e de honra inatacável, sensível as causas sociais, mãe de família exemplar. A história de vida de dona Ilda só enriquece a historia de Cabrobó. Tantos elogios e reconhecimentos tocaram o emocional dos familiares, com os rostos banhados em lagrimas sem condições de fazerem os agradecimentos preferiram o silencio.

Além das fronteiras

A festa serviu principalmente para reconhecer a importância de muitas pessoas em diferentes seguimentos no desenvolvimento de Cabrobó, todos sem nenhuma exceção, mais ainda os que futuramente serão lembrados, tem dado contribuições significativas para o crescimento do municipio. Entre esses, destacamos pelo menos seis nomes, que lá fora, através dos mesmos e de suas ações, a todo o momento o nome de Cabrobó é lembrado, gestora da GERE Anete Ferraz, diretor do Sest/Senat Marcilio Cavalcanti, do casal de empresários Públio e Janniklei, ainda da empresaria Bernadete Vieira (bel).

 




Cinema 6 D entre na tela

Postado em 29 de março de 2013

Para quem gosta de cinema e é apaixonado por tecnologia, nada melhor que experimentar o cinema em 6 D, em Cabrobó você tem essa opção na praça João Pires da Silva. Nilton já viajou quase que o Brasil inteiro apresentando a mais avançada tecnologia em imagens e efeitos especiais, o melhor disso tudo, é que você paga um valor simbólico e entra nessa emoção.

Nilton com o caminhão da tecnologia 6 D vai ficar em Cabrobó até o próximo domingo dia 31, o despertar de jovens e crianças por conhecimentos na área de tecnologia pode afastá-los do mundo do crime, da prostituição e das drogas.



ArrozValdivino_post

Dilma sanciona lei que cria a Secretaria da Micro e Pequena Empresa

Postado em 29 de março de 2013

A presidente Dilma Rousseff sancionou sem vetos, na noite desta quinta-feira (28), a lei que criou a Secretaria da Micro e Pequena Empresa. Este será o 39º ministério do governo federal e terá estrutura já existente que será deslocada do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic).

Com isso, todas as atribuições que o Mdic tem atualmente referentes a esse assunto passarão para o novo ministério. Da mesma forma, os servidores e o patrimônio que constavam da secretaria, que antes era ligada à pasta do Desenvolvimento, agora servirão ao novo ministério.

O projeto que criou a secretaria foi aprovado no último dia 7 no Senado e provocou protestos de oposicionistas, que questionaram a necessidade de mais um ministério e os custos dele. Já o governo considera importante a criação do órgão para o estímulo à geração de empregos e ao empreendedorismo no país.

O ministro que ocupará a pasta ainda não foi escolhido. A sanção será divulgada no “Diário Oficial da União” na próxima segunda-feira (1º) e não há previsão de quando sairá a nomeação do titular do novo ministério.




Parente de Michel Temer foi morto por dívida de R$ 300

Postado em 28 de março de 2013

O empresário Antônio Romano Tamer Schincariol, de 34 anos, sobrinho-neto do vice-presidente da República Michel Temer, assassinado no dia 19 deste mês, em Tietê, na região de Sorocaba, foi morto por uma dívida de R$ 300, segundo a Polícia Civil. Dois supostos autores do crime, João Augusto Teixeira, 32 anos, e Fábio Aparecido de Souza, de 30, ambos residentes na cidade, tiveram as prisões temporárias decretadas, mas estão foragidos. O delegado seccional de Sorocaba, Marcelo Carriel, anunciou nesta quinta-feira o esclarecimento do caso.

Segundo ele, os dois acusados estiveram no estabelecimento de Schincariol, uma oficina de máquinas de terraplenagem, para cobrar a dívida referente à venda de um par de óculos de sol. Nesse momento, a vítima chegou de carro e, ao reconhecer o veículo dos cobradores, deu meia-volta. De acordo com o delegado, os dois o perseguiram e Fábio teria disparado um único tiro com uma pistola de calibre 9 mm. A bala perfurou a porta do veículo e atingiu o empresário na altura da axila. Ele morreu na hora. O carro, desgovernado, bateu em outro veículo e subiu na calçada.

A polícia apurou que João e a vítima haviam entrado em luta corporal em dezembro, em razão dessa dívida. Ao ser detido para investigação, João alegou que não estava na cidade no dia do crime. Ele foi liberado. A polícia descobriu depois que seu carro foi flagrado por uma câmera de monitoramento, naquele dia, próximo do local do crime. Os dois suspeitos saíram da cidade no início das investigações. João já foi processado por estelionato e Fábio cumpriu pena por tráfico de entorpecentes. A polícia emitiu mandados de captura, mas espera que eles se apresentem.



Marisol

Ronaldo vai ser comentarista da TV Globo na Copa de 2014

Postado em 28 de março de 2013

Ronaldo Nazário foi anunciado na noite desta quarta-feira (27) como comentarista da TV Globo na Copa das Confederações e na Copa do Mundo de 2014. A emissora realizou a festa “Vem Aí”, no Credicard Hall, em São Paulo, para fazer o lançamento da grade de programação e contou com a presença de inúmeros famosos, entre eles, Xuxa, Ivete Sangalo e Fátima Bernardes.

O jogador entrou no palco do evento ao som da música “Esse Cara Sou Eu”, sucesso de Roberto Carlos em “Salve Jorge”. Galvão Bueno brinco ao perguntar para Arnaldo Cezar Coelho “quem era esse cara”.

Fonte: msn.com




Romário acusa: ‘A eleição da CBF vai ser comprada’

Postado em 28 de março de 2013

Numa tarde agitada na Câmara, o deputado federal Romário de Souza Faria (PSB-RJ) recebeu na terça-feira a reportagem do Estado em meio a três reuniões, telefonemas de outros parlamentares, recados de seus assessores e muita correria, literalmente. Toda vez que cruzava alguma área pública do Congresso, Romário acelerava o passo e deixava todos para trás. É uma estratégia para fugir das fotos com fãs, o que ele não evita se for abordado. Numa conversa que se estendeu pelos Anexos II e IV do Congresso, pelos corredores de acesso ao plenário e ainda em seu gabinete, Romário fez duras críticas à cúpula da CBF e chamou o vice-presidente da entidade, Marco Polo del Nero, de chefe do “cartel” da entidade. Também acusou os dirigentes da confederação de superfaturamento na compra de terreno para a nova sede da CBF. Ele parecia seguro e tranquilo, apesar do assédio de todos os lados, e demonstrou intimidade com seu papel político. Em relação às críticas de Romário aos dirigentes, a assessoria de imprensa da CBF disse que só se manifestaria mais efetivamente ao tomar conhecimento de todo o teor da entrevista.

O senhor protocolou no final do ano passado na Câmara o pedido de uma CPI da CBF. Acredita que não há interesse da base do governo em investigar a CBF às vésperas do Mundial no País?

Estou aqui há pouco mais de dois anos e já pude reparar que não existe interesse do governo em abrir CPI nenhuma. Não me pergunte por quê. Com uma CPI do futebol, iniciada agora, o Brasil teria condições de chegar ao ano do Mundial limpo, de cara nova. Reina muita bagunça no nosso futebol. O estatuto da CBF, até onde eu sei, incentiva os investimentos nas bases, na formação de atletas femininas, tantas outras coisas. E não se vê isso.

A CBF usa, pressiona as federações estaduais para que intercedam nas bancadas de seus respectivos Estados a favor dos interesses da própria CBF?

Pressiona muito e isso ocorre na atual gestão da CBF com mais intensidade. A CBF interfere nas federações, que fazem o mesmo com os parlamentares locais. Mas quando o assunto chega aqui no Congresso tem um freio.

Ler Mais




No ‘jogo da vida’, Lucas tenta repetir Raí e escrita de brasileiros contra o Barcelona

Postado em 28 de março de 2013

O dia 2 de abril de 2013 vai entrar para a história do brasileiro Lucas. Há três meses na Europa, o atacante terá seu primeiro grande teste, ao enfrentar o Barcelona, em plena Uefa Champions League. Mas, além disso, pode manter também uma escrita que tem perseguido o clube catalão.

Em suas últimas quatro eliminações no maior torneio de clubes da Europa, o Barcelona caiu diante de uma equipe que tinha, ao menos, um brasileiro no elenco. Sendo que nas duas quedas mais recentes, em 20011/12 e 2009/10, o clube catalão sucumbiu com um gol marcado por brasileiro.

E, se desejar, Lucas tem um exemplo ainda mais próximo para se espelhar. A motivação pode vir de Raí, que também saiu do São Paulo e decidiu um duelo entre Barcelona e Paris Saint-Germain pela Champions. Também em março, mas de 1995, foi do meia o gol francês que eliminou os catalães.

Fonte: msn.com



Atel

Reunião nesta quinta pode definir demissão de Gilson Kleina do Palmeiras

Postado em 28 de março de 2013

O técnico Gilson Kleina pode ser demitido nesta quinta-feira do Palmeiras. Tudo dependerá de uma conversa entre o presidente Paulo Nobre, o gerente executivo José Carlos Brunoro e o gerente de futebol Omar Feitosa. Nesta quarta, apenas Feitosa estava com a equipe em Mirassol e, pressionado, deixou claro que algo pode acontecer após o vexame. Ao ser perguntado sobre o futuro do treinador, após a derrota por 6 a 2, ele limitou-se a dizer que não era hora de tomar decisões, pois elas poderiam ser precipitadas e motivadas pela emoção.

Feitosa elogiou o trabalho de Gilson Kleina e disse que seria “prematuro falar algo” em relação ao futuro do técnico. O dirigente também não poderia tomar nenhuma decisão sem antes consultar Paulo Nobre, que no momento do jogo estava em voo retornando da viagem feita como chefe da delegação da seleção brasileira nos amistosos contra Itália e Rússia, na Europa.

Fonte: msn.com



Marisol


Página 3.662 de 4.158« Primeira...102030...3.6603.6613.6623.6633.664...3.6703.6803.690...Última »

Mensagem Biblíca
Eu dizia: Certamente me temerás, e aceitarás a correção, e assim a sua morada não seria destruída, conforme tudo aquilo porque a castiguei; mas eles se levantaram de madrugada, corromperam todas as suas obras. Sofonias:3:7