Segurança Pública do Estado de Pernambuco
Segurança Pública do Estado de Pernambuco

Segurança Pública do Estado de Pernambuco

26 de Abril de 2018

Eduardo Campos chegou à reeleição em 2010 com a tranqüilidade de quem implantou no estado um modelo em termos de segurança pública, o então governador fazia questão de alar de números e de que Pernambuco estaria no caminho certo quando o assunto era segurança pública. O Programa Pacto Pela Vida criado por Campos era simplesmente a “Menina dos olhos de seu Governo”, tudo dava certo e a satisfação da população era visível em cada pernambucano. Tanto que Eduardo Campos aplicou uma vergonhosa derrota no ex-governador Jarbas Vasconcelos, demonstração clara de que o Pacto Pela Vida contava com aprovação total dos pernambucanos.

Quatro anos depois e em plena campanha eleitoral, o então candidato a governador Armando Monteiro, dizia claramente que o Pacto Pela Vida estava falido e precisava ser repactuado. Paulo Câmara ganhou a eleição e desde que assumiu o governo os números da violência no estado comprovaram que Armando estava certo, todavia nem Paulo Câmara na condição de governador fez nada e nem Armando na condição de principal opositor do governo.

Sem causar nenhuma injustiça, a primeira e única voz que se levantou e bateu fortemente na segurança do governo de Câmara, foi a da pré-candidata ao governo pelo PT a vereadora do Recife Marília Arraes. As criticas de Marilia e suas permanentes cobranças deram resultados, tanto que Paulo Câmara já se mexeu com o intuito de melhorar os índices da violência no estado promoveu algumas ações, os resultados mesmo que ainda muito tímidos já começaram a aparecer.

Portanto, o PT de Pernambuco vai ter que tomar uma decisão. Definindo por candidatura própria e apoiando Marília Arraes, vai ter que abrir mão do sonho de reencontro com o PSB de Paulo de Câmara. Uma vez que com Marília candidata a mesma vai manter o discurso de quando iniciou sua caminhada pelo estado, ou seja, de fazer criticas a política de segurança do governador Paulo Câmara.

Lembrando ainda, que muitos pernambucanos assim como em 2006 se juntaram a Eduardo para combater a criminalidade, agora alimentaram as mesmas esperanças de que com Marília pode fazer o que Armando disse em 2014, ou seja, repactuar o Pacto Pela Vida  e devolver aos pernambucanos o direito de sonhar com uma segurança pública de vergonha.

Construtora RZ FENIX

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *