Vida, patrimônio maior.
Vida, patrimônio maior.

Vida, patrimônio maior.

3 de Janeiro de 2012

Dra. Carmem Diana, Paciente e Dr. Auricélio
A saúde pública no Brasil não é uma boa referência. A população reclama muito e com razão dos problemas existentes. Funcionários mal preparados, equipamentos nem sempre funcionam, enfim, entre o paciente e a qualidade há uma enorme distância.
No hospital de Cabrobó a coisa muitas vezes se agrava. Há funcionários que não expressam o amor pelo que fazem, que não respeitam a condição vivida pelo próximo naquele momento, ou seja, que não estão nem aí para um serviço tão importante como o atendimento em unidade de saúde. Entretanto, estes formam a minoria
Dr. Tarcisio Pires Fonseca
A maioria coloca vida a serviço da vida, atuando com respeito aos colegas de trabalho e aos pacientes. Hoje pudemos observar isto em visita ao hospital municipal. Dr. Tarcísio, extremamente atencioso com seus pacientes, chamou a nossa atenção. A Secretária de Saúde do município, Dra. Carmem Diana, ao lado do médico Dr. Auricélio Torres, visitou os cabroboenses recém-nascidos, orientando as mamães, quanto aos cuidados com os seus respectivos bebês. Logo depois, Auricélio entraria novamente na sala de cirurgia para prática de uma atividade rotineira, que muitas vezes o impede de desfrutar até mesmo do carinho dos filhos, mas que, segundo ele, “é o que traz felicidade”, estar próximo do próximo, na permanência da vida. 

[lateral] DVE TUR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *