A venda de peixe na semana santa movimenta quase 130 mil reais em Cabrobó

1

??????????????????????????????? ???????????????????????????????

A tradição dos católicos de comer peixe na semana santa já vem de muitos anos, com isso a venda do produto é consideravelmente aquecida nessa época do ano. Só em Cabrobó, cidade do sertão do São Francisco, durante a semana foi vendido aproximadamente 11 toneladas de peixes, principalmente das espécies tilapia e tambaqui, com preços médios de R$ 12, o Kg.

A feira do peixe vivo já é uma realidade na agenda de atividades econômicas do município de Cabrobó, com isso, a edição desse ano a de nº 5 contribuiu de maneira significativa para o alcance desses numero.

1 COMENTÁRIO

  1. Somente hoje, dia 06 de maio de 2014, tivemos ciência desta matéria.

    A Feira de Peixe Vivo pertence ao Município de Cabrobó.

    A prefeitura municipal participa com a estrutura física e divulgação e a Associação dos Psiscultores de Cabrobó – APIC com a produção e comercialização de peixes.

    Mesmo com o alto custo da ração devido a seca, já que é composto de milho, grão de soja, entre outros, muitos criadores continuaram com o criatório e outros preferiram o de gado.

    Na reunião com os associados da APIC foi feito o levantamento e ficou acordado a comercialização de 6 toneladas de peixe por R$ 10,00 o quilo. A demanda foi maior porque saiu no G! -Rede Globo- a divulgação da feira.Com isto, tivemos além dos consumidores e atacadistas do município, compradores do projeto Brígida, Terra Nova e Ibó/Ba que foram atendidos pelo produtor Du Peixe que possuía uma reserva de mais de 3 toneladas.

    Portanto, a Feira superou as expectativas e a novidade foi a comercialização de camarão produzido no nosso município. que promete ser bem maior no próximo ano, segundo o produtor Du Peixe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome