Câmara de Cabrobó realiza sessão extraordinária na próxima terça dia 15

4


Na ultima sexta feira a Câmara Municipal de Vereadores de Cabrobó realizou sessão extraordinária para votar os Projetos de Lei 001/2013 e 002/2013, os Projetos foram aprovados com maioria absoluta como era de esperar. Antes da sessão extraordinária o suplente agora Vereador Demar Gavião foi empossado no cargo, na solenidade o Presidente do CDL Maxwel Cavalcanti representou o ex Prefeito Eudes Caldas, em sua fala lembrou Maxwel que Demar chega para somar, conhece a historia de luta a capacidade do Índio, sabe dos seus valores morais por tudo isso, acrescentou o Presidente do CDL, “Cabrobó ganha em todos os sentidos com a chegada de Demar Gavião”. Finalizou.
Após serem votados os Projetos 001 e 002/2013 motivos da convocação, o Presidente da Casa Vereador Jorge Cavalcanti, leu o conteúdo do Projeto 003/2013 que teria chegado a mesa da presidência pouco tempo antes do inicio da sessão, questionado pelo Vereador Ramsés Sobreira que alegou falta de tempo regimental para que o Projeto pudesse ser colocado em votação, o Presidente entendeu que não houve tempo suficiente para que todos fizessem uma leitura mais aprofundada do texto do referido Projeto encerrou a mesma ficando uma convocada para a próxima terça feira dia 15.
Até Dezembro do ano passado o recolhimento das contribuições ao Fundo Previdenciário eram feitos por meio de Decreto, agora há orientação jurídica no sentido de que os instrumentos que regulamentas os recolhimentos sejam transformados Em Projetos de Lei. Como o Municipio de Cabrobó tem um credito de 2 milhões de reais a ser liberado por meio de uma emenda parlamentar, daí a pressa em transformar o Decreto em Projeto de Lei.

4 COMENTÁRIOS

  1. “Um peso e duas medidas”

    Na sessão, ainda foi apresentado um terceiro projeto do poder executivo que o vereador Ramsés Sobreira reclamou da urgencia e que não o tinha lido.

    O presidente após o lê-lo decidiu não colocar em votação, principalmente para não dá mais motivo de contestação pelo vereador citado.

    Ocorre que o vereador sobreira na gestão passada, e participante da mesa da câmara, em nenhum momento teve posição contrária quando o prefeito Eudes apresentava alguns projetos desta forma.

    Logo, fica claro como age o vereador “um peso e duas medidas” que tem significado: tratar uns com justiça e outros com injustiça, ter condutas diversas diante de situações idênticas, aplicar a lei ou a regra com mais ou menos rigor de acordo com a sua conveniência.

  2. Rei morto, rei posto

    Rei morto, rei posto Quando alguém é substituído imediatamente em algum cargo, função, etc.

    Exemplo: A maioria (69%) do povo de Cabrobó elegeu Auricélio para prefeito e o anterior saiu porque acabou o mandato.

  3. O presidente do poder legislativo agiu corretamente,o projeto não estava na pauta que foi motivo da reunião,portanto não poderia ser votado.PARABÉNS.Acabou o tempo de se votar no escuro.

  4. Parabéns???Para quem, anõnimo?
    Porque na legislatura passada o vereador Ramsés era o secretário e passava tudo por ele, inclusive os projetos que o pprefeito Eudes mandava na hora da sessão.
    Este é o vereador “UM PESO E DUAS MEDIDAS”

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome