CBF teria oferecido R$ 4 milhões para Portuguesa desistir da briga pela Série A

0

Portuguesa 01

A polêmica sobre a definição do rebaixamento da Série A do ano passado ganhou mais um capítulo. Segundo a emissora ESPN Brasil, a Confederação Brasileira de Futebol teria oferecido cerca de R$ 4 milhões para a Portuguesa aceitar a queda e não brigar na Justiça Comum para continuar no Brasileirão deste ano. O valor oferecido seria um adiantamento da cota de participação no torneio.

A Lusa foi rebaixada no tapetão após punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva por conta da utilização do meia Héverton de maneira irregular pelo clube paulista. A Portuguesa perdeu quatro pontos e entrou na zona de rebaixamento no lugar do Fluminense, que caiu no gramado.

Os paulistas recorreram em todas as esferas desportivas e perderam. Agora brigam na Justiça Comum.

Presidente recusa proposta

O presidente da Portuguesa, Ilídio Lico, confirmou a proposta da CBF, mas afirmou que recusou receber tal valor para desistir de brigar pela permanência. Ainda segundo ele, o documento com a oferta da CBF veio através de e-mail sem assinatura de qualquer membro da entidade do futebol nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome