Como diz o velho ditado, a corda sempre arrebenta do lado do mais fraco

0

moreira franco

A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) afirmou nesta terça-feira, 14, em nota, que recebeu com “perplexidade” a notícia da revogação da portaria da Secretaria de Aviação Civil (SAC) da Presidência da República que conferia anuência para a concessão de cinco aeroportos regionais do Estado. A Artesp espera explicações da SAC sobre a revogação da portaria, que autorizava a licitação dos aeroportos em único lote, com concessão por 30 anos e investimento mínimo de cerca de R$ 75 milhões. De acordo com a agência, o processo estava concluído e sem nenhuma pendência.

A SAC afirmou que a autorização foi revogada porque os processos para licitação desses terminais ainda se encontram em tramitação no órgão. Segundo a SAC, o encaminhamento dos documentos para assinatura do ministro Moreira Franco e as respectivas publicações no Diário Oficial da União (DOU) ocorreram por causa de um equívoco.

Problema mesmo ficou para o Chefe de Gabinete do ministro, por conta do “equivoco” o mesmo foi demitido. As explicações do Ministro Moreira Franco (PMDB), dão conta que o Chefe de Gabinete enviou documentos errados para ele assinar.

Opinião: Se o Chefe de Gabinete foi demitido porque enviou para o Ministro assinar documentos errados, o Ministro também deveria ser demitido pelo simples fato de ter assinado documento errado, ou seja, sem se quer ler para vê de que se trata.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome