Curso de Gestão Pública em Brasília foi o mais procurado no Sisu

0


O curso de Gestão Pública do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília foi o mais procurado na primeira edição deste ano do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), com 12.221 inscritos disputando 45 vagas. Em seguida aparece o curso de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora, com 12.216 inscritos para 127 vagas. Em terceiro lugar ficou o curso de Medicina da Univerisade Federal do Ceará, com 11.825 candidatos para 160 vagas. A primeira chamada de aprovados no Sisu está disponível no site http://sisu.mec.gov.br.
Entre as universidades, a mais disputada foi a Federal do Ceará (com 133.923 inscritos para 6.258 vagas), seguida pela Federal do Rio de Janeiro (115.794 inscritos para 4.745 vagas) e a Federal Fluminense (95.247 inscritos para 4.789 vagas).
Os alunos aprovados devem providenciar a matrícula entre os dias 18 e 22 deste mês. A segunda chamada será divulgada no próximo dia 28, com matrículas de 1.º a 5 de fevereiro. Ao todo, 1.949.958 candidatos disputaram 129.319 vagas em 3.752 cursos.
De acordo com o Ministério da Educação (MEC), houve crescimento de 11% no número de inscritos em relação ao ano passado, quando o sistema registrou 1.757.399 inscritos. Na primeira edição deste ano do Sisu, participaram 101 instituições públicas de educação superior.
“O ensino médio é a prioridade deste ano. Quando não avança no Brasil, como aconteceu no Ideb (índice que mede a qualidade da educação básica), é um indicador de retrocesso,” disse o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Entre as medidas para fazer esta etapa do ensino voltar a crescer, o ministro informou que está previsto o redesenho curricular e o estímulo ao ensino médio em tempo integral.
Segundo Mercadante, foi registrada média de 15 inscritos por vagas no Sisu. “Há uma demanda muito maior que a capacidade de oferta. Nós temos um tsunami por educação no Brasil.”
Fonte: Estadão

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome