Eduardo Campos lança candidatura à Presidência. Marina será vice

0

eduardo-e-marina-624x417

O ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) lança oficialmente a sua candidatura presidencial na tarde desta segunda-feira (14), em Brasília. A ex-senadora Marina Silva (PSB/Rede) será a vice da chapa. O ato acontece a partir das 14h, no Salão Azul do Hotel Nacional. O ex-governador disputará a eleição contra a presidente Dilma Rousseff (PT) e contra o senador mineiro Aécio Neves (PSDB). Hoje, Eduardo possui apoio da Rede, PPS e PPL.

Marina deve ser o destaque do evento, discursando, inclusive, após de Eduardo. Em 2010, a ex-senadora obteve quase 20 milhões de votos na disputa pelo Palácio do Planalto. Marina se filiou ao PSB em outubro do ano passado, depois de ter o registro de seu partido, a Rede Sustentabilidade, negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A expectativa do PSB é que ela dê visibilidade à campanha de Campos.

O lançamento da candidatura em Brasília irá contar com várias lideranças políticas de Pernambuco. Estarão presentes o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), o presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Uchoa (PDT), e o candidato do PSB ao Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB).

O governador João Lyra Neto (PSB), que assumiu há dez dias após a desincompatibilização de Eduardo, chegou a comprar as passagens, mas abriu mão de ir para recepcionar Dilma em sua visita ao Estado; Depois de meses sem vir a Pernambuco, a presidente marcou duas agendas administrativas para esta segunda depois que o PSB marcou o anúncio nacional.

Eduardo Campos aparece em terceiro lugar, com 10% de intenções de voto, na última pesquisa nacional divulgada pelo Datafolha. Para melhorar o número, deve começar a percorrer o País após o anúncio desta segunda. Ele também irá se mudar para São Paulo, maior colégio eleitoral do País, para facilitar as viagens pelo País.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome