Fórmula Truck começa com calor de Pernambuco

0

Fórmula Truck começa com calor de Pernambuco

Atual campeão da Fórmula Truck, o pernambucano Beto Monteiro não poderia ter um início de temporada mais motivador. É que neste domingo o piloto começa sua campanha rumo ao tricampeonato “em casa”, no autódromo Internacional Ayrton Senna, em Caruaru. A pista da cidade do Agreste pernambucano é a única em todo o Nordeste na categoria, por isso ela foi contemplada com a realização da abertura da 19ª temporada. Em 2014, serão 10 etapas no total e 27 competidores disputando os títulos Brasileiro e Sul-Americano. A largada do GP Aurélio Batista Félix está marcada para as 13h. É aguardado um público de 45 mil pessoas no local.

Para pilotos e equipes, a principal novidade do ano está no novo regulamento, que prevê a extinção do catalisador (filtro de partículas). A alteração no motor dos caminhões mais velozes do Brasil implicará na produção de menos fumaça – o que é um alívio para a questão ambiental. Outra mudança encontra-se na parte técnica. Com menos fumaça, a potência também diminuirá. Isso, porém, não afetará a disputa na pista, uma vez que todas as equipes encaram a mesma situação. Inclusive, a abolição do equipamento foi um pedido de cerca de 80% das equipes, que estavam preocupadas com o excesso de quebras.

“Acredito que a medida foi válida porque vamos evitar muitas quebras de motor e abandonos de provas. Principalmente quando a corrida for em um lugar mais quente como aqui, em Caruaru”, opinou Beto, que é a favor do novo regulamento. O pernambucano reúne 12 anos de experiência na Truck, nos quais conseguiu dois títulos de campeão, em 2004 e 2013, além do troféu do sul-americano, também no ano passado.

Apesar do currículo vencedor, Beto só faturou o GP caruaruense uma vez, em 2004. A ausência de vitórias em casa não o incomoda, pelo contrário. “Existe a gana de buscar a vitória ainda mais. Não consigo ver isso (a escassez de triunfos em casa) como algo negativo. Esse ano, por exemplo, eu estou planejando um ano muito bom. Vamos continuar com a mesma linha de trabalho do ano passado e isso é ótimo para dar continuidade ao que começamos”, observou o pernambucano.

Outro piloto que está otimista com a nova regra é Geraldo Piquet, filho mais velho do tricampeão da Fórmula 1 Nelson Piquet. “Espero um número menor de quebras, já que as equipes devem conseguir exigir menos do equipamento”, falou à assessoria de imprensa da Truck. Assim como Beto, Piquet disputa sua 12ª temporada na categoria e está confiante em conquistar um bom resultado em Pernambuco. “Gosto de correr em Caruaru, onde o público é intenso. Já passei perto da vitória aqui e vamos trabalhar para que ela venha agora”, completou.

A principal característica da Fórmula Truck é o alto nível de competitividade. Dos 27 pilotos, Beto apontou pelo menos nove como adversários diretos. São competidores com mais “tradição” como o Wellington Cirino e Geraldo Piquet, da Mercedes Benz, e outros nomes que sempre podem surpreender como André Marques, da Man Latin America. “Vamos esperar a largada para decidir na pista. O que posso dizer é que a competição será bonita”, finalizou Beto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome