Governo brasileiro responde as acusações do Presidente da FIFA

0

dilma roussef e blat

As reclamações do presidente da Fifa, Joseph Blatter, sobre os atrasos do Brasil na preparação para sediar a Copa do Mundo de 2014 foram respondidas neste domingo (5) pelo Ministério do Esporte. O governo reagiu às duras críticas feitas pelo cartola da entidade máxima do futebol.

Blatter disse que “o Brasil começou tarde demais (as obras para a Copa)”. E fulminou: “É o país mais atrasado desde que estou na Fifa, e ainda é o único que teve tanto tempo — sete anos — para se preparar”.

Ele faz parte da entidade desde 1975 e passou a ocupar a presidência em 1998.

De acordo com nota divulgada pela sua assessoria de comunicação social, o País estará pronto a tempo de receber com êxito a competição, marcada para começar no dia 12 de junho — até agora, seis dos 12 estádios que serão utilizados no torneio ainda não foram entregues.

“As informações que chegam ao Ministério do Esporte, enviadas pelas autoridades encarregadas de preparar as cidades-sede para a Copa do Mundo e aquelas apuradas pelo próprio ministro, que a cada três meses visita as obras, dão conta de que o país estará pronto a tempo”, afirma o ministério.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome