Governo federal vistoria obras da Integração do Rio São Francisco

0

trans obra 2

Brasília-DF, 13/05/2014 – A presidente da República, Dilma Rousseff, ao lado do ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, realizaram, nesta terça-feira (13), vistoria às obras do projeto de Integração do Rio São Francisco. A comitiva do governo federal esteve no Túnel Cuncas II, localizado em São José das Piranhas (PB) e na Barragem de Jati, em Jati (CE). O Cuncas II foi concluído no início deste ano e o Cuncas I será finalizado em 2015. Juntos, os dois formam o maior túnel para transporte de água da América Latina.

Durante a vistoria, Dilma Rousseff destacou que todo o empreendimento hídrico permitirá que os moradores do semiárido nordestino consigam conviver com a seca sem que ela atinja diretamente a população. “Aqui, nós vamos ter um local que a água não faltará. Nós estamos fazendo uma obra que não só leva água, ela traz os nordestinos de volta para suas terras. Quando a gente leva água para essa região, o que estamos garantindo é que seja possível conviver com a seca”, afirmou.

A presidenta lembrou ainda que, além dos investimentos em obras hídricas, o governo federal adotou medidas complementares para o enfrentamento dos períodos de estiagem na Região Nordeste. “Garantimos que as pessoas que estavam enfrentando a seca tivessem acesso [aos benefícios]. Os agricultores ao Bolsa Estiagem e ao Seguro Garantia-Safra, que permitiu que passassem a seca sem passar necessidade”, relatou.

Aos trabalhadores do Projeto de Integração do Rio São Francisco, no Ceará, a presidenta Dilma Rousseff disse que eles podem ter orgulho de uma obra que demonstra planejamento no convívio com a seca. O Projeto atingiu um efetivo de 10.394 trabalhadores atuando ao longo dos 477 quilômetros de extensão das obras. Com 3.140 equipamentos em operação, novas frentes de serviço em período integral também foram criadas para dar mais celeridade ao empreendimento. Em um ano, o Ministério da Integração Nacional reforçou em mais de 50% as atividades na obra.

No período da manhã, além da visita às obras no Ceará, a comitiva sobrevoou as Barragens de Boa Vista, Caiçara e Porcos. O ministro Francisco Teixeira explicou, durante a vistoria, que está em processo de elaboração a contratação do anteprojeto do Ramal do Piancó. “O Ramal do Piancó vai sair do Eixo Norte, na altura do município de Mauriti, no Ceará, e levará para Paraíba para cair no Rio Piancó e perenizar esse rio, que hoje é seco”, explicou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome