Greve nacional dos trabalhadores em educação conta com o apoio do prefeito de Juazeiro-BA

0

izac juazeiro

Com as presenças do prefeito Isaac Carvalho, do presidente da Câmara Municipal, Pedro Alcântara Filho; do Secretário da Educação e Esportes, Clériston Andrade; da diretora do DCH III da Uneb, Aurilene Lima; Dra. Monacita Moura, Assessora Jurídica da APLB-Sindicato, do Presidente do Conselho Municipal da Educação, José Espedito Félix foi aberto na manhã desta terça-feira (18) no auditório do Grande Hotel de Juazeiro o 1º Seminário “Refletindo sobre a gestão educacional na rede municipal de Juazeiro-Bahia” organizado pela APLB, Conselho Municipal da Educação e Secretaria Municipal de Educação e Esportes.

Durante o evento foram empossadas três novas gestoras, eleitas em processo democrático realizado pela Comissão Central da Seduc, na última sexta-feira, dia 14: Aparecida Miranda – Escola Municipal Argemiro José da Cruz. Nilma Soares – Escolas Raimundo José Bonfim, Eleutéria Soares e São Francisco de Assis em Pinhões. Floreza Santos – Escola Municipal José Padilha.

O evento iniciado ontem com assembleia no auditório da APLB é de apoio aos trabalhadores e trabalhadoras em educação que em Juazeiro adeirram greve nacional convocada pela CUT – Central Única dos Trabalhadores e CNTE – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação. Após os discursos, foram iniciadas as palestras programadas para esta terça-feira com a Dra. Monacita Moura (Assessora Jurídica da APLB, sobre Princípios Constitucionais da C.F; Gerenciamento de Recursos: Fundeb e IPJ com Plínio Amorim (Assessor de Infraestrutura de Juazeiro) e Helder Moreira (Assessor do Instituto de Previdência de Juazeiro).

O presidente da APLB em Juazeiro, professor Antonio Carlos dos Santos, agradeceu a presença do prefeito de Juazeiro Isaac Carvalho e declarou que “pela primeira vez registra na cidade um prefeito que não só apoia, mas também participa do movimento em favor dos trabalhadores da área de educação”.

Ao se manifestar o Chefe do Executivo Juazeirense disse que a luta nacional dos trabalhadores tem que contar com apoio dos demais prefeitos porque são eles que enfrentam as dificuldades na hora de honrar compromissos com os trabalhadores.

Com informações do Blog do Geraldo José

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome