Jovem que teve 70% do corpo queimado em incêndio em Santa Maria tem morte cerebral confirmada

0


O primeiro caso de morte entre os feridos no incêndio que atingiu a boate Kiss, em Santa Maria (RS), foi confirmado pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul. Devido a gravidade dos ferimentos sofridos, Gustavo Marques Gonçalves teve o diagnóstico de morte encefálica confirmado às 18h01 desta terça-feira (29). O rapaz teve mais de 70% do corpo queimado.
O paciente foi transferido a Porto Alegre às 13h49min de domingo (27) já em estado crítico, com extensas e profundas queimaduras. Com a confirmação desta morte, chega a 235 o número de óbitos em consequência da tragédia em Santa Maria.
Em entrevista coletiva concedida mais cedo, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, informou que há ainda outros 74 pacientes em estado crítico com risco de morte. “Nem todos eles, no entanto, necessitam de transplante de pele.”
Em Santa Maria, de acordo com o ministro, há 64 pacientes internados, sendo que 27 deles permanecem entubados, respirando por ventilação mecânica. “Existem ainda mais 54 pacientes respirando com a ajuda de aparelhos internados em hospitais de Porto Alegre e Canoas”, completou. Padilha disse também que durante esta terça-feira, alguns feridos receberam alta e outras pessoas que escaparam com vida do incêndio foram internadas para observação. “Mas houve uma redução da procura de outros casos de pneumonite química.”
Fonte: NET

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome