Na Paraíba, Eduardo Campos minimiza transtornos da Greve da PM

0

eduardo pesquisa cai

Durante uma entrevista concedida na manhã desta quarta-feira (21) em Campina Grande, na Paraíba, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), pré-candidato à Presidência da República, minimizou os transtornos causados pela greve dos policiais militares e bombeiros ocorridas no Estado na semana passada.

“Foi um processo em que o governador atual fez toda a mediação e conseguiu em menos de 48 horas superar essa situação”, disse. “Foi localizado em um município. Muitas famílias depois foram devolver aquilo que foi retirado das lojas”, afirmou.

A paralisação dos policiais gerou uma onda de assalto e arrastões na Região Metropolitana do Recife e no interior. Os problemas levaram o governador João Lyra Neto (PSB) a pedir apoio ao Exército e à Força Nacional de Segurança. O caso mais grave foi o de Abreu e Lima.

Apesar de buscar minimizar os problemas, o ex-governador afirmou que acompanhou o desenrolar dos fatos com preocupação. “Graças a Deus as coisas voltaram à normalidade”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome