PF investiga desvio de mais de R$ 3 mi no Hospital Universitário de João Pessoa

0

PF investiga desvio de mais de R$ 3 mi no Hospital Universitário de João Pessoa

A Polícia Federal deflagrou, na tarde desta segunda-feira (23), em João Pessoa a Operação Estado Terminal, que tem como objetivo cumprir oito mandados de busca e apreensão deferidos pela Justiça Federal. A investigação tem como foco um suposto esquema criminoso que funcionava no Hospital Universitário Lauro Wanderley. Segundo as investigações realizadas pela PF, pelo menos R$ 3 milhões foram desviados dos cofres públicos a partir desse esquema.

Os policiais federais vêm acompanhando os indícios de desvios desde 2010, quando foi realizada uma auditoria na unidade de saúde. De acordo com os agentes, dentre as fraudes foram identificadas manipulação de licitações, pagamentos em duplicidade por medicamentos e produtos hospitalares, aquisição de produtos e serviços com sobrepreço, dentre outros desvios.

A investigação teve o apoio da Controladoria-geral da União e do Ministério Público Federal. Segundo a PF, dos oito mandados de busca e apreensão, três deles foram direcionados ao Hospital Universitário Lauro Wanderley. Os outros cinco foram cumpridos nas casas dos servidores envolvidos no suposto esquema e em um escritório de contabilidade. Durante a abordagem, um servidor público foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Os investigados poderão ser indiciados por fraude à licitação, formação de quadrilha, corrupção passiva e advocacia administrativa, crimes que, somados, têm pena máxima prevista superior a 20 anos de reclusão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome