Servidores municipais da Educação acompanharam a sessão da Câmara em que os Vereadores votaram o PL 005/2014

1

??????????????????????????????????????????????????????????????

As vésperas das eleições os Vereadores procuram ensaiar os discursos que provavelmente vão ser proferidos por eles, quando a campanha estiver nas ruas e cada um entrar em campo em defesa do seu candidato. As cobranças ao executivo visam mostrar a população que eles, os Vereadores, estão sim trabalhando, se houver algum problema fica na conta do Prefeito. Quem adentra na sala das sessões, a principio fica com a idéia de que são todos contra um, depois as coisas vão se arrumando e aí, todos caiem na real, quem é contra é contra, quem é a favor tem que ser a favor.

Nessa mistura de contra e a favores, com pitadas de insatisfação de uns, apimentada com ciúmes de outros, o conteúdo das falas são as provas inequívocas de que tem Vereador da base que já tem na ponta da língua um discurso de opositor. Não bastasse a ciumeira de que um tem mais acesso ao Prefeito que o outro, que o Prefeito só atende telefonema de um e de outro não, agora desviam as atenções de todos em uma provável defesa antecipada do Secretário Edgar Caldas, de que os pleitos solicitados pelos parlamentares e que dizem respeito à Secretaria de Infra-Estrutura, não estão sendo atendidos pelo baixo numero de funcionários da pasta, o que necessitaria de mais contratação por parte do Prefeito.

A qualidade dos debates é inquestionável, no entanto, a qualidade do som é lamentável. Os equipamentos que compõe o sistema de som interno da Câmara Municipal de Cabrobó, já estão todos obsoletos, são da época que disco de vinil fazia sucesso. Os discursos de cada parlamentar, a população que acompanham as sessões, a imprensa que faz a cobertura dos trabalhos, em fim, quem vai a Câmara espera no mínimo ouvir um som com qualidade, sem tantos ruídos, barulhos ensurdecedores, para dificultar mais ainda, devido o transmissor ser muito antigo, capta o sinal de alguma emissora de radio, os pronunciamentos de quem usa a tribuna são feitos ao som de um fundo musical.

Os Vereadores trataram de questões de interesse da sociedade, pediram que fosse feito uma limpeza geral no Bairro da Temperatura, ainda o concerto em canos de esgoto estourados, no mesmo Bairro e em direção a concentração das chácaras. Também iluminação nas proximidades da Escola Evandro Ferreira. Os Vereadores presentes a sessão desta terça feira, aprovaram um requerimento de autoria do Vereador Ramsés Sobreira (PSB), que pede ao executivo que faça a doação de um terreno ao Governo do estado para a construção de uma unidade de atendimento do Corpo de Bombeiros.

Referente à aprovação do Projeto de Lei nº 005/2014, enviado pelo Poder Executivo Municipal, que trata dos valores do novo Piso Salarial para os profissionais do magistério público da educação básica, em conformidade com a Lei Federal nº 11.738 de 16 de Julho do ano de 2008. Neide Jacinto Presidenta do Sinterpe fez uso da tribuna, agradeceu a todos os servidores que foram acompanhar a sessão, ainda, ao Prefeito do Municipio Auricélio Torres, pela sensibilidade para com a classe, da mesma forma aos Vereadores pela atenção sempre colocada em aprovar dos profissionais da educação municipal.

O executivo ainda enviou o Projeto de Lei nº 007/2014, que trata da entrada da municipalidade de Cabrobó, no consorcio do Vale do São Francisco. O Consorcio é formado pelos os Municípios de Cabrobó, Orocó, Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande, tendo como principal objetivo a junção de esforços no sentido de diminuir os entraves para a liberação de recursos para cada um desses Municípios. O PL 007/2014, foi enviado para as Comissões, o mesmo deverá ser votado pelo plenário só na próxima sessão.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome