Venezuela: Um dia de manifestações de contras e a favores de Nicolas Maduro

0

oposición 3

Em Caracas, dezenas de milhares de opositores saíram às ruas. Também na capital e em outras partes do país, outros milhares vestiram-se de vermelho em manifestações em favor do presidente Nicolás Maduro. Há relatos de enfrentamentos e de disparos de bombas de gás lacrimogêneo pela polícia.

O presidente, por sua vez, acusou “grupos fascistas” de fecharem ruas e avenidas do país e de tentarem destituí-lo do governo. “Caso eu não amanheça como presidente, saiam às ruas”, disse a simpatizantes.

Ele também acusou os EUA de interferência na Venezuela.

Já o líder opositor Henrique Capriles discursou em protestos contra o governo, dizendo que acompanhará na segunda-feira, uma reunião convocada por Maduro com governadores (inclusive os da oposição) e que não aceitará “monólogos” do presidente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome