Autores Posts por Didi Galvão

Didi Galvão

46210 POSTS 6 COMENTÁRIOS

Umbu é uma das opções de frutas saudáveis para o verão

0

O Verão, com altas temperaturas e muito calor, é um convite para preferir alimentos leves, nutritivos e saudáveis, a exemplo de frutas, especialmente as da época, como umbu, seriguela, caju, melancia, abacaxi e frutas vermelhas, encontradas em diversos municípios baianos, algumas delas típicas de regiões semiáridas.

“As frutas são uma ótima pedida para os dias quentes, pois contêm um teor alto de água, que auxilia na hidratação, são refrescantes e desintoxicantes, possuem sais minerais e vitaminas, que aumentam a imunidade e previnem doenças de pele, o que é muito comum no verão, além de serem alimentos ricos em fibras, que fazem o intestino funcionar melhor, e ainda promovem sensação de saciedade”, destacou a nutricionista clinica funcional e gourmet, Marilúcia Lopes.

De acordo com a nutricionista, é importante consumir as frutas da estação por ter um aproveitamento melhor dos nutrientes e o recomendado é a utilização de três a cinco porções de frutas ao dia e que, na hora da escolha, o ideal é pegar uma fruta lisa, sem pontos pretos, com furos ou amassadas. Lopes observa ainda que para evitar o desperdício de frutas tropicais e tê-las disponíveis em períodos não sazonais, o melhor é fazer um aproveitamento das frutas muito maduras, para o preparo de polpas, compotas, geleias, sorvetes e sucos, entre outras.

Maior produtor de umbu

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE/2018), o estado da Bahia é destaque na produção de frutas como o umbu, ficando com 99,7% do que é produzido em todo o país. A fruta, de sabor único, que mistura o azedo com o doce, pode ser consumida não só in natura, mas também, em outros períodos do ano, como polpa congelada, doces, geleia, cerveja, compota, picolé e outras inúmeras receitas da culinária tradicional de diversos municípios baianos.

O processo de agroindustrialização apoiado pelo Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional, empresa pública vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), vem contribuindo para o processamento desse e de outros produtos da agricultura familiar, a exemplo do que está acontecendo com a produção da Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), localizada no município de Uauá, Território de Identidade Sertão do Francisco. A cooperativa recebeu, nos últimos quatro anos, investimentos da ordem de R$ 4 milhões para a construção da unidade agroindustrial polivalente para o beneficiamento de frutas como umbu e maracujá da caatinga.

Com a implantação da agroindústria, a produção, que era de 200 toneladas ao ano, teve a capacidade ampliada para 800 toneladas/ano. Os produtos à base de umbu (compota, doces, geleia, ‘nego bom’ e cerveja) podem ser encontrados em lojas de diversos municípios da Bahia e de outros estados do Nordeste, além de Minas Gerais, São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro.

“Os investimentos realizados pelo Governo da Bahia impactam na melhoria da qualidade de vida dos agricultores familiares em todos os sentidos, não só pelo fato de gerarem trabalho e renda para as famílias, mas também na formação dos agricultores e acesso dessas famílias a outras políticas públicas”, declarou a presidente da Coopercuc, Denise Cardoso.

A Coopercuc possui atualmente 271 cooperados sendo beneficiados diretamente com as ações, mas, indiretamente, são mais duas mil famílias sendo atendidas com os serviços de assistência técnica e extensão rural (Ater), além das inúmeras famílias envolvidas na coleta das frutas e na comercialização dos produtos, que passarão a ter sua renda ampliada com as ações.

Outra referência no beneficiamento do umbu é a Cooperativa de Produção e Comercialização dos Produtos da Agricultura Familiar do Sudoeste da Bahia (Cooproaf), com sede no município de Manoel Vitorino, Território Médio Rio das Contas. A cooperativa conta com quatro agroindústrias, tem atuação nos municípios de Manoel Vitorino e Mirante, um importante polo de produção de umbu na Bahia. Dada cada unidade possui capacidade instalada de produção anual de 100 toneladas, entre polpas, sucos, compotas, doces e geleias de frutas.

A cooperativa, conta com um quadro de 80 cooperados, possui ainda uma loja de comercialização, nas margens da BR-116, no município de Manoel Vitorino. No espaço, os cooperados têm mais uma oportunidade de comercializar seus produtos e a produção de outras cooperativas e redes de agricultores familiares da Bahia. A loja oferece também outras iguarias. São 41 derivados de umbu, a exemplo de bolos, rocamboles, tortas, sorvetes e umbuzada, dentre outros. Entre os produtos mais vendidos pela Cooproaf está o ‘nego bom’ de umbu, com receita criada pelas mulheres vitorinas.

Confira algumas receitas de umbu http://www.coopercuc.com.br/ver/receitas/umbu/

Ascom SDR

Thiago de Moraes é mais um pré-candidato a conselheiro tutelar de Belém do São Francisco

0

A eleição para escolha dos membros dos Conselhos Tutelares vai acontecer em outubro deste ano, com isso o numero de pessoas dispostas a colocar seu nome como pré-candidatos vêm aumentando a cada dia que passa. Belém do São Francisco, município do sertão de Pernambuco é um desses, até o momento são vários nomes entre os possíveis candidatos em outubro.

Quem anunciou sua pré-candidatura neste final de semana foi Thiago Moraes, o jovem diz que vai colocar seu nome a disposição das famílias belemitas com o intuito de trabalhar em defesa das crianças e dos adolescentes. Thiago disse ainda que vai ser um incansável defensor dos direitos dessas crianças, bem como, será um zelador e protetor intransigente de todas as crianças e de todos os adolescentes de Belém do São Francisco.

O povo se lasca com um salário mínimo e os deputados embolsam R$33,7 mil de uma vez!!!

0

Por Machado Freire

Imagine só. Os 513 deputados federais estão embolsando 33, 7 mil na maior cara de pau, para um tal auxílio moradia (ou coisa que o valha), muitos deles (reeleitos) sem sair do endereço antigo.

Enquanto isso, a Câmara Federal banca, hoje, 2.769 pensionistas – com pagamentos mensais que variam entre 8 mil e 33,7 mil .

São os chamados “direitos adquiridos” por parlamentares que exerceram o mínimo de dois mandatos.

Enquanto isso, milhões de trabalhadores lascados, cheios de filhos, recebem um mísero salário e se aposentam depois de contribuir durante 35 anos, ou idoso, a partir de 65 anos.

É uma disparidade imoral esse “direito adquirido”, que beneficia os parlamentares e alguns casacudos da Justiça.

Fica provado que quem promove, alimenta e se dar bem com as desigualdades é mesmo aqueles que as deveria combatê-las, no caso os parlamentares e representantes da Justiça. Eles fazem e aplicam as leis!

As coisas melhorariam se eles tivessem o mínimo de sensibilidade e respeito à classe trabalhadora!

Pra que 25 deputados federais em Pernambuco e na maioria dos estados brasileiros? Bastaria 10 parlamentares por estado.

Pra que 49 deputados estaduais? 15 resolveriam. São quase 40 vereadores no Recife. Vinte seriam suficientes de sobra.

E vamos reduzir pela metade a remuneração de todos eles. Pra que tanto dinheiro na conta dos deputados federais, estaduais e vereadores?

A maioria da Nação Brasileira (a nossa Pátria Amada) amarga a vida com um salário mínimo, e é quem de fato trabalha e carrega o País nas costas!

No dia que o povo acordar para esta realidade, imoralidade, falta de respeito ao povo e insensibilidade para com a classe trabalhadora- idosos e a juventude, o Brasil será verdadeiramente dos brasileiros e não, apenas, de uma casta ignóbil e desumana.

Vamos trabalhar com a cabeça, minha gente!

Janaina Paschoal defende quebra de sigilo de Flávio Bolsonaro

0

Deputada eleita acredita que ‘precisamos dar o benefício da dúvida e aguardar os esclarecimentos’

A deputada eleita Janaina Paschoal (PSL-SP), apoiadora do presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) e cotada para o cargo de vice na chapa com o militar durante campanha eleitoral, defendeu a quebra do sigilo na investigação de movimentações bancárias atípicas do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

“Não temos acesso à íntegra das investigações, seja com relação ao deputado/senador Flávio, seja com relação aos demais deputados estaduais do Rio. Defendo que seja derrubado sigilo, para que possamos compreender a totalidade”, disse Janaina ao blog do Paulo Sampaio, do ‘Universa’.

Eleita com a bandeira do combate à corrupção, a parlamentar atribuía os escândalos ao PT e defendia a eleição de Bolsonaro como forma de acabar com a impunidade.

“Com relação aos depósitos noticiados na sexta-feira, 18, precisamos dar o benefício da dúvida e aguardar os esclarecimentos”, disse. “Quero crer que virão”, completou.

Técnico do Sport tem celular furtado durante jogo do Leão no Recife

0

Além da derrota para o Flamengo-PE, Milton Cruz teve mais um problema para resolver

O técnico do Sport, Milton Cruz, teve motivos de sobra para se preocupar neste sábado (19). Além da derrota para o Flamengo-PE por 3 a 2, na Ilha do Retiro, o comandante do Leão teve o celular furtado durante a partida válida pelo Campeonato Pernambucano.

O aparelho desapareceu do banco de reservas e só foi encontrado depois que o GPS foi acionado. Quem estava com o celular era um gandula da Federação Pernambucana de Futebol (FPF). Procurado, o diretor de Competições do órgão, Murilo Falcão, afirmou que os gandulas são de responsabilidade do clube, e não da FPF.

Programação de férias: Prefeitura leva cinema à residencial de Petrolina

0

Os moradores do Residencial Vivendas, em Petrolina, tiveram uma programação diferente na sexta-feira (18): com cinema e muita diversão, eles lotaram a quadra da comunidade para assistir ao filme ‘Moana’. Cerca de 200 pessoas aproveitaram a programação ofertada pela Prefeitura de Petrolina e assistiram de olhos atentos à animação.

A iniciativa faz parte de uma série de ações que serão realizadas para levar cursos de capacitação, maior organização comunitária e cidadania aos moradores, além de contemplar também aulas de capoeira, zumba, cursos, entre outros. Durante exibição, ainda foram distribuídos picolés, algodão-doce e pipoca.

A ação faz parte do Plano de Desenvolvimento Socioterritorial do Programa Minha Casa Minha Vida nos residenciais Vivendas I e II, através de um convênio firmado com o Ministério das Cidades e executado pela Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDESDH)

Foto: Divulgação / SEDESDH

Sport e Náutico perdem na estreia do Pernambucano

0

Central X Náutico
O Náutico começou tropeçando no Campeonato Pernambucano 2019. O Timbu foi derrotado por 2×1 para o Central, no Lacerdão. Os alvirrubros agora se preparam para o duelo perante o Sergipe, terça (22), fora de casa, pela segunda rodada do Nordestão.

O Timbu se mostrou tímido nas ações ofensivas e acuado diante dos ataques da Patativa. Marcando em linha, os visitantes sofreram com os lançamentos nas costas de marcação. Por sorte, a maioria terminou com o bandeira assinalando impedimento.

2º Tempo – O Náutico voltou disposto a manter o mesmo ritmo dos minutos finais da primeira etapa. Lá atrás, o goleiro Luiz Carlos ia testando o coração dos alvirrubros. Foram duas ‘quase falhas’ seguidas que iam culminando no segundo gol da Patativa. Aos 13, o Timbu reagiu. Hereda cruzou e Matheus Carvalho, que havia entrado minutos antes no lugar de Fábio Matos, fez 1×1.

A festa dos visitantes durou pouco. Após escanteio cobrado, Bruno Oliveira escorou de cabeça e recolocou o Central na frente do placar. O Náutico ainda ensaiou um sufoco nos minutos finais, mas faltou capricho para sair de Caruaru ao menos com um ponto. Mais uma derrota na conta do Alvirrubro.

Sport X Flamengo-PE
Na estreia oficial na temporada 2019, o Sport decepcionou sua torcida na largada do Campeonato Pernambucano. Mesmo atuando em casa, o Leão foi surpreendido pelo Flamengo de Arcoverde, que venceu a partida de virada pelo placar de 3×2.

Na próxima rodada, os rubro-negros enfrentam o Vitória das Tabocas, na quarta-feira (23), na Arena de Pernambuco, às 20h30, enquanto os sertanejos jogam em casa no mesmo dia, diante do Santa Cruz, no estádio Áureo Bradley, em Arcoverde, às 21h30.

Sem ritmo de jogo e entrosamento, o Leão aproveitou a bola parada para construir uma vantagem mínima no primeiro tempo. A equipe do Sertão, comandada pelo técnico Nilson, ex-goleiro e ídolo do futebol pernambucano, teve momentos melhores na etapa inicial, mas pecou na finalização, duas delas do meia Tiago Bagagem e a outra do atacante Erikys. Após desperdiçar boas oportunidades, o Flamengo de Arcoverde sofreu o golpe. Aos 21 minutos, o meia Adriano Pardal cobrou escanteio com perfeição e o zagueiro Adryelson, livre de marcação, subiu mais alto, de cabeça, para balançar as redes do goleiro Sérgio.

Depois do primeiro gol rubro-negro na temporada e do Campeonato Pernambucano, a partida esfriou na Ilha. Em vantagem, o Sport diminuiu o ímpeto ofensivo e segurou as chegadas do adversário, descendo para o intervalo com a vitória parcial por 1×0.

2º Tempo – Os donos da casa voltaram mais acesos e por pouco não ampliaram o placar. Quando era melhor em campo, o Leão tomou o gol de empate. Aos 8 minutos, o meia Tiago Bagagem cruzou na área, o goleiro Magrão saiu mal da barra e deixou a bola escapar. Na sequência, o zagueiro Adryelson tentou afastar o perigo e chuta a bola em cima do goleiro. O atacante Erikys aproveitou a falha e estufou as redes, deixando tudo igual. Logo depois, aos 17 minutos, o meia Pedro Maycon entrou sozinho na área do Sport e chutou a bola, que desviou no zagueiro Adryelson, enganou o camisa 1 rubro-negro Magrão e morreu no gol.

Com a virada surpreendente, o Flamengo de Arcoverde manteve a postura e esperou o “tudo ou nada” do Sport. Atrás no placar, os rubro-negros se atiraram ao ataque e pararam na defensiva no adversário, que ampliou a diferença após um contra-ataque mortal. Aos 34 minutos, o atacante Erikys, destaque da partida, ganhou na corrida do zagueiro Wálber e bateu na saída de Magrão, marcando o terceiro da Fera Sertaneja. O Leão ainda tentou reagir nos minutos finais e diminuiu o prejuízo nos acréscimos, aos 48 minutos, com o atacante Guilherme, mas não foi o suficiente para evitar a derrota dentro de casa na primeira partida do ano.

Sobe para 399 número de presos por ataques no Ceará

0

Subiu para 399 o número de pessoas presas ou apreendidas por suspeita de participação na onda de ataques no Ceará desde o dia 2 de janeiro, segundo balanço da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do estado divulgado neste sábado (19).

Desde o início da onda de violência, que atinge municípios em todo o estado, suspeita-se que a ordem para os ataques parta de presídios onde estão líderes de facções criminosas.

Na madrugada deste sábado, décimo-oitavo dia de ataques, criminosos provocaram uma explosão em uma ponte em Fortaleza. Nessa sexta (18), três homens foram presos após incendiar um ônibus na capital.

As ações de facções criminosas deixaram em alerta todo o estado. Prédios públicos, viadutos, estradas, ônibus e locais com veículos foram incendiados ou atingidos de alguma forma pelos grupos.

Convocados pelo Governo do Ceará para reforçar a segurança pública, 800 dos cerca de 1.200 policiais militares da reserva apresentaram-se à corporação, em Fortaleza, na manhã desta sexta-feira. E 150 já voltaram a patrulhar as ruas da capital do estado, alvo de ataques criminosos organizados.

Na quinta-feira (17), o governador do Ceará, Camilo Santana, pediu ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, o reforço do apoio dado pelo Governo Federal no combate aos ataques promovidos por facções. Homens da Força Nacional de Segurança Pública reforçam as ações de segurança no Ceará desde o início deste mês.

A ofensiva teria começado em reação à nomeação do secretário de Administração Penitenciária, Luís Mauro Albuquerque, e às medidas anunciadas como a não separação de presos em presídios por facção.

Filho de Schumacher é anunciado como piloto da Ferrari

0

piloto alemão Mick Schumacher, filho do heptacampeão de F1 Michael Schumacher, foi anunciado oficialmente neste sábado (19) pela Ferrari como novo membro da academia da equipe italiana para jovens.

O pai, Michael Schumacher, que é ex-piloto da escuderia, sofreu um grave acidente em dezembro de 2013, quando esquiava em uma pista em Méribel, no sul da França. O seu estado de saúde dele é mantido em sigilo pela família.

Com informações da Ansa

Objetivos alcançados 7ª CIPM em 2018

0

AIS-25 fecha 2018 com 34,9% de redução de homicídios em Pernambuco e 7ª CIPM com 23,7%.

O Maj PM Costa e Maj PM Alessandro, respectivamente Comandante e Sub da 7ª CIPM, bem como todos Oficiais e Praças estão celebrando um grande feito na história da 7ª CIPM, visto que no ano de 2018 os números de homicídios nos 02 (dois) municípios Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande, caíram na ordem 23,7%.

Na série histórica da OME, esse índice representa a maior redução desde o ano de 2011, colocando a AIS – 25 em quarto lugar em todo Estado de Pernambuco.

O ano de 2018 consolidou sem sombra de dúvidas o esforço e dedicação de todo o efetivo, foi um ano de destaque para a 7ª CIPM, pois além de atingir a maior redução percentual de CVLI nos últimos 7 anos, atendendo aos protocolos estabelecidos pelo programa Pacto Pela Vida, também conseguiu receber os quatro Prêmios de Defesa Social (PDS), sendo os quatros (PDS-2), valor pago pelo governo às Áreas Integradas de Segurança que conseguem bater a meta de redução de 12% em CVLI, por trimestre.

O maior destaque se deu no mês de Outubro onde não houve nenhum CVLI na  AIS – 25 que compreende 04 (quatro) cidades, Cabrobó, Orocó, Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande.  Vale ressaltar que o maior destaque em percentual de redução com 50% ficou com a cidade de Lagoa Grande, com 00 (zero) CVLI no mês de Dezembro e apenas 07 (sete) homicídios durante todo o ano de 2018.

“Sem Deus isso não seria possível. Também somos gratos aos secretários Dr. Antônio Pádua e Dr. Humberto Freire, ao comando geral da PMPE (Cel. Vanildo, Cel. Cavalcanti e Cel. Gadelha), aos nossos diretores (Cel. Morais e Cel. Jamerson) e a toda população dos municípios que integram esta AIS – 25, além dos parceiros PCPE, IC, haja vista que com o apoio de todos e o empenho incondicional dos policiais militares da 7ª CIPM, homens e mulheres destemidos e compromissados no trabalho da segurança e ordem pública, conseguimos evitar que vidas preciosas fossem ceifadas, o que deixaria uma lacuna insubstituível no seio familiar”, disse o Maj Costa.

Fonte: SDS PMPE DPO DINTER II 7ª CIPM

Ovos produzidos em Pernambuco ganharão código na casca para garantir qualidade

0

Em até três meses, os ovos produzidos em Pernambuco vão ganhar um código de rastreabilidade na casca, medida que deve aumentar a segurança alimentar para quem consome o produto. O governador Paulo Câmara assinou, ontem (18), o decreto que garante o procedimento. O estado é o maior produtor de ovos do Norte/Nordeste, com uma produção estimada em 10 milhões de unidades ao dia.

O estado é o primeiro do país a adotar a medida. Os ovos já sairão das granjas com o código, que informará a data de produção e o registro na Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do estado (Adagro). Outro ponto de atenção é a questão da refrigeração: o ovo tem até 21 dias para ser comercializado em temperatura ambiente, e no máximo 30 dias, se refrigerado.

Assinamos hoje um decreto junto com os fornecedores que representam a avicultura pernambucana para garantir segurança nutricional e de saúde ao consumidor de ovos em Pernambuco. Vamos ter uma marca que vai mostrar o lote, a procedência e a validade do produto. Isso é muito importante para a melhoria da qualidade dos ovos que são aqui comercializados“, explicou o governador. “Significa sairmos pura e simplesmente da fiscalização para termos uma ação que constrói coletivamente as saídas”, acrescentou o secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto.

Presidente da Associação Avícola de Pernambuco (AVIPE), Giuliano Malta também elogiou a iniciativa e a forma como foi conduzida a decisão, com diálogo entre as partes. “Foi uma construção conjunta da atividade, junto com o Governo do Estado, o que vem regulamentar toda a parte de venda de ovo. Ação muito importante para toda a atividade e até para o próprio consumidor, que vai poder rastrear a origem”, disse.

Segundo o presidente da Avipe, o consumo do ovo vem crescendo bastante no Estado e no Brasil, e a rastreabilidade em Pernambuco é bastante significativa também para a venda do ovo a granel – ou seja, em unidades – nas feiras e outros locais.

Diario de PE

Orocó: Ana Paula é mais uma pré-candidata a conselheira tutelar

0

A eleição para escolha dos novos membros dos Conselhos Tutelares da Criança e do Adolescente, são vão acontecer no mês de outubro deste ano. No entanto, vários nomes já se colocam como pré-candidatos a uma das cinco vagas existentes.

No sertão de Pernambuco não tem sido diferente de outras regiões do estado e até mesmo do país, em Orocó, por exemplo, é do conhecimento da população a disposição de alguns que pretendem entrar na disputa.

Ana Paula Freire, que mora na Avenida Vereador Raildo Mendes, é uma das pré-candidatas ao cargo de conselheira da cidade de Orocó. Ana Paula diz que ser conselheira para lutar incansavelmente na defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes de Orocó.

Campeonato Pernambucano estreia neste final de semana

0

O Campeonato Pernambucano Série A1/2019 terá início neste final de semana com rodada cheia. Vão ser cinco jogos que prometem muita emoção. Logo de cara terá o jogão entre Náutico e Central neste sábado (19), no Lacerdão, às 16h. O duelo marcará o reencontro da final de 2018 do Estadual, na qual o time alvirrubro levou a melhor.

O regulamento vai funcionar da seguinte forma:
Os 10 times vão se enfrentar todos uma vez. No final da primeira fase os oito primeiros se classificam, já os dois últimos serão rebaixados para a Série A2. O regulamento completo você confere clicando aqui.

Confira os cinco jogos da 1ª rodada do Campeonato Pernambucano Série A1/2019:

Sábado (19)
– Sport x Flamengo de Arcoverde / Ilha do Retiro – 16h
– Central x Náutico / Lacerdão – 16h

Domingo (20)
– Santa Cruz x América / Arena de Pernambuco – 16h
– Afogados da Ingazeira x Petrolina / Vianão – 16h
– Salgueiro x Vitória / Cornélio de Barros – 16h

Uma nova era da política de segurança pública

0
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Foi simbólico o gesto do presidente Jair Bolsonaro (PSL), quando assinou, na última terça, o decreto que facilita a obtenção da posse de armas. Analistas consideram que a pauta da segurança pública, que se sobressaiu no discurso bolsonarista durante toda a campanha, é o que vai predominar nos primeiros meses de governo – porque influencia a popularidade.

A medida agradou a base de apoio do presidente, mas soou tímida para ativistas, parlamentares ligados à bancada da bala e para o mercado armamentista, diante dos desafios de ordem burocrática que a gestão pública impõe à implementação de determinadas agendas. Descomplicar o acesso do cidadão comum a armas de fogo é uma “resposta” aos números alarmantes da violência no Brasil, mas não é uma medida eficiente contra o problema, de acordo com especialistas no assunto.

O combate à violência está entre as três prioridades que o governo deve ter, segundo pesquisa de opinião feita pelo Ibope/CNI. A flexibilização do Estatuto do Desarmamento foi uma promessa de campanha do pesselista, que, nesse sentido, pretendia fazer o oposto do que ocorreu nos governos petistas – onde o acesso a armas foi dificultado. Agora, a expectativa da cúpula governista é que oito milhões de armas sejam legalizadas, com a licença estendida por 10 anos. Antes, elas valiam pela metade do tempo.

Facilitada pela nova legislação, a posse significa que o proprietário pode manter a arma apenas no interior da sua casa ou no seu local de trabalho, desde que seja o responsável legal pelo estabelecimento. “Por muito tempo, coube ao Estado determinar quem tinha ou não direito de defender a si mesmo, à sua família e à sua propriedade. Hoje, respeitando a vontade popular manifestada no referendo de 2005, devolvemos aos cidadãos brasileiros a liberdade de decidir”, afirmou Bolsonaro, no Twitter.

O porte, por sua vez, é a autorização para transportar e carregar a arma consigo, fora de casa ou do local de trabalho. Para obtê-lo, é preciso demonstrar a necessidade, por exercício de atividade profissional de risco ou de ameaça à sua integridade física. Para mudar a legislação sobre o porte, Bolsonaro deverá encontrar resistências no Congresso. Dando um sinal de alerta ao governo, o presidente da Câmara e candidato à reeleição, Rodrigo Maia (DEM), reconhece que a agenda armamentista foi vitoriosa nas urnas, mas diz que é preciso cuidado para não passar a impressão de que essas medidas resolverão o problema da violência.

O professor de Relações Internacionais da UnB, Juliano Cortinhas, explica que esse discurso das armas tem um apelo forte à uma parcela da população que acredita num discurso conservador, de diminuição do tamanho do Estado. “É muito preocupante que estejamos comprando a cultura da violência pra conter a violência“, alerta. O analista refere-se às pretensões que vêm sendo mencionadas de que o Brasil deve imitar a legislação dos EUA sobre armas. O país tem a maior taxa de armas por habitante do mundo.

Para o cientista político Rudá Ricci, o discurso da liberdade de posse de arma parece uma tentativa de formação de opinião, uma vez que, na sua visão, o brasileiro tem um perfil conservador. “Nos EUA quem tem que defender sua própria propriedade é o proprietário, isso é visto nos filmes, mas para nós essa visão soa estranha”, alega. “Quando Bolsonaro flexibiliza a legislação, reproduz a lógica libertária dos EUA, que são totalmente anti-estado, acham que ele atrapalha“.

O sociólogo e coordenador do Núcleo de Estudo da Violência da USP, Sérgio Adorno, adota uma visão de que a violência no Brasil é fruto das desigualdades sociais. Para ele, o estado precisa trabalhar para que o direito à vida seja universalizado, sem que determinados grupos tenham mais direitos do que outros. “É preciso reduzir os desfechos violentos para conflitos sociais que, muitas vezes, são legítimos. Não pode haver essa visão de ‘deixar morrer para que outros vivam“, alega. “O brasileiro precisa compreender que, para eu ter paz, os outros também precisam ter paz“, conclui.

Ulysses Gadêlha – FolhaPE